Essenciais
Canadá: Últimas notícias

Canadá oferece residência permanente a alunos internacionais

O governo canadense quer manter no país estudantes estrangeiros qualificados e com experiência em ocupações essenciais para recuperar mercado de trabalho.

Canadá oferece residência permanente a estrangeiros qualificados

O Canadá divulgou planos para oferecer residência permanente para 40.000 estudantes internacionais em potencial por meio de um novo programa do governo canadense. O objetivo é incentivar os estrangeiros que se formam no país com habilidades e experiências relevantes em setores essenciais a permanecer para viver e trabalhar no Canadá após os estudos.

 

A nova política pública passa a valer a partir dessa quinta-feira, 6 de maio, e durará até o dia 5 de novembro de 2021, se não revogada.

 

Estudar no Canadá

 

Estratégia acolhedora

 

Em novembro de 2020, o Canadá anunciou a meta de proporcionar mais de 401.000 admissões de novos residentes permanentes em 2021 como parte do seu plano intitulado Immigration Levels Plan 2021-2023. Até o final desse período, pretendia-se receber mais de 1 milhão de estrangeiros.

 

À luz do prolongado fechamento das fronteiras e dos desafios na admissão de novos residentes permanentes vindos do exterior, o Canadá passou a considerar os residentes temporários que já estão atualmente no país e que podem contribuir para os objetivos econômicos do plano de imigração.

 

Vários desses estudantes internacionais já estão empregados no Canadá e contribuem para o mercado de trabalho, de acordo com os objetivos da programação de imigração econômica do Canadá. Segundo a nota oficial do governo canadense, ao conceder residência permanente a esses indivíduos que têm experiência de trabalho em ocupações críticas, o país se beneficiará de suas aptidões e habilidades em longo prazo.

 

“Na ausência dessa política pública, é improvável que o Canadá esteja em posição de atingir o nível ambicioso de recém-chegados necessário para ajudar a apoiar a recuperação e o crescimento econômico do país”, aponta a nota do Ministro de Cidadania e Imigração.

 

O papel dos alunos internacionais na reconstrução econômica do Canadá

 

Em dezembro de 2020, o governo canadense já havia reconhecido o papel crítico do talento internacional na recuperação econômica do país após o impacto da Covid-19. As universidades, faculdades e institutos por sua vez, terão a função de preparar uma mão de obra estrangeira qualificada para o mercado de trabalho, segundo o Colleges and Institutes Canada (CICan).

 

De acordo com a nova divulgação do Canadá, como resultado da pandemia, a atenção foi voltada à necessidade contínua de preencher certas ocupações essenciais. Ao conceder o status de residente permanente para quem já tiver experiência nesses setores, “o Canadá estará alavancando a imigração, incluindo a imigração francófona fora de Quebec, para ajudar a estabilizar essa força de trabalho para a recuperação da pandemia e no futuro”.

 

Além disso, o Canadá reconhece que esses trabalhadores estrangeiros temporários que já estão no país fizeram contribuições extraordinárias durante a pandemia da Covid-19 e, em alguns casos, enfrentam dificuldades para se qualificar e se candidatar a residência permanente.

 

O novo plano de política pública responde diretamente a essa contribuição e aos desafios enfrentados pelos estrangeiros implementando medidas que criem uma via temporária para a residência permanente. Assim, eles podem morar legalmente no país e continuar contribuindo como mão de obra qualificada ao mercado de trabalho canadense.

 

Condições para a residência permanente

 

Durante a pandemia global do coronavírus, o Canadá ainda vê uma necessidade crescente de garantir uma força de trabalho necessária para apoiar a saúde e o bem-estar dos seus cidadãos, bem como a recuperação econômica do país.

 

A nova alteração na política pública de residência permanente visa os estrangeiros com pelo menos um ano de experiência de trabalho no Canadá em uma ocupação essencial, em reconhecimento à necessidade contínua desses profissionais.

 

Além disso, a política pública ajuda a reter professores de francês para lidar com a falta desses profissionais no Canadá fora de Quebec. Ao fazer isso, o país também apoia os objetivos do governo em relação às suas línguas oficiais.

 

Embora os pedidos de residência permanente tenham sido aceitos e processados ​​durante a pandemia, as restrições globais de viagens e limitações de capacidade levaram a um déficit nas admissões em 2020. As 401.000 novas admissões anunciadas para 2021 no Plano 2021-2023 são fundamentais para garantir que o Canadá tenha os trabalhadores de que precisa para preencher os cargos essenciais e permanecer competitivo na atração de talentos globais.

 

As condições para se candidatar à residência permanente no Canadá são as seguintes:

 

  • Ter acumulado pelo menos um ano de experiência de trabalho em tempo integral, ou o equivalente em experiência de meio período (1.560 horas), no Canadá, em uma ocupação elegível listada oficialmente pelo Canadá nos três anos anterior à data de recepção do pedido de residência permanente.
  • Estar empregado no Canadá em qualquer ocupação quando o pedido de residência permanente for recebido;
  • O emprego descrito nos dois itens acima deve atender à definição de trabalho sob a subseção 73 (2) dos Regulamentos, deve ter sido autorizado de acordo com a Lei e Regulamentos e não deve ter sido autônomo, a menos que trabalhe como médico em um acordo de pagamento por serviço com uma autoridade de saúde;
  • Ter atingido um nível de proficiência de pelo menos 4 em qualquer uma das línguas oficiais (inglês ou francês) para cada uma das quatro áreas de habilidade linguística (compreensão oral, escrita, leitura e conversação), conforme estabelecido nos Canadian Language Benchmarks ou no Niveaux de compétence linguistique Canadiens;
  • Residir no Canadá com status de residente temporário válido (ou ser elegível para restaurar seu status) e estar fisicamente presente no Canadá no momento em que o pedido de residência permanente for recebido e quando o pedido for aprovado;
  • Pretender residir em uma província ou território que não o Quebec;
  • Ter apresentado um pedido de residência permanente utilizando os formulários fornecidos pelo Departamento para esta política pública e que devem incluir, no momento da aplicação, todas as provas necessárias para convencer um oficial de que o requerente cumpre as condições (requisitos de elegibilidade), exceto para evidências exigidas para demonstrar a presença física no Canadá no momento da aprovação do pedido;
  • Ter apresentado o seu pedido de residência permanente de acordo com esta política pública por meios eletrônicos (candidatar-se online);
  • Não ser inadmissível ao abrigo da Lei e Regulamentos.

 

Ocupações essenciais no Canadá

 

As ocupações essenciais são divididas em dois grupo, chamados de Stream A e Stream B. O Canadá deve oferecer residência permanente a 20.000 candidatos do primeiro grupo e 30.000 do segundo até o final do período de aplicações em novembro.

 

As profissões requisitadas pelo Canadá são dos setores da saúde, educação, direito e serviços sociais e governamentais. Confira algumas das ocupações consideradas essenciais (mas não todas elas):

 

  • Enfermeiros;
  • Clínicos gerais;
  • Dentistas;
  • Farmacêuticos;
  • Nutricionistas;
  • Fisioterapeutas;
  • Técnicos de laboratório médico;
  • Psicólogos;
  • Assistentes sociais;
  • Pesquisadores de política pública;
  • Empregados domésticos;
  • Caixas;
  • Atendentes de varejo;
  • Maquinistas e inspetores de usinagem e ferramentas;
  • Eletricistas;
  • Encanadores;
  • Carpinteiros;
  • Marceneiros;
  • Pedreiros;
  • Motoristas de ônibus;
  • Taxistas;
  • Carteiros.

 

Visite a nota oficial para saber mais.

 

Leia também:

CURSO PERFEITO
Quer saber qual curso é melhor para você?
Descubra com a nossa nova ferramenta "Selecionador de curso"!
COMEÇAR SUA BUSCA