Essenciais
Holanda: Perspectivas profissionais

Como conseguir um estágio na Holanda?

Com dicas de uma estudante brasileira, trouxemos três importantes passos para conseguir um estágio a Holanda durante os estudos

Como conseguir um estágio na Holanda?
317

Se você estudar na Holanda, as probabilidades de conseguir um estágio para colocar os seus aprendizados teóricos na prática são grandes. De fato, o país promove este tipo de experiência, principalmente para treinar e reter os estudantes internacionais mais talentosos e promissores.

 

A melhor parte é que, para fazer um estágio como parte de um curso em universidades da Holanda, o estrangeiro não precisa solicitar uma autorização de trabalho – exigida quando a intenção é trabalhar no país após os estudos. No entanto, há, sim, algumas regras que devem ser seguidas, inclusive um contrato formal assinado tanto pela instituição de ensino quanto pelo empregador.

 

Mas como conseguir um estágio?

 

1. Procure orientação da sua universidade holandesa

 

A sua universidade na Holanda terá um papel fundamental para conquistar uma oportunidade de estágio, principalmente de duas formas: oferecendo serviços de carreira que ajudam os estudantes a se prepararem e colocando-os em contato direto com possíveis empregadores.

 

“Como a TIAS tem um curso de MBA bem voltado para o business prático, eles realizavam muitos eventos com as empresas holandesas, como business games, visitas técnicas e palestras”, conta Mariana Simões Foschetti, mineira de 32 anos formada pelo MBA Internacional da TIAS School for Business and Society, em Tilburg.

 

Além disso, a Universidade tinha um departamento específico de desenvolvimento de carreira para orientar os estudantes na construção de currículos, uso adequado do LinkedIn, treinamento para entrevistas de trabalho e preparo para falar em público.

 

Algumas instituições de ensino superior, como a TIAS, têm inclusive uma equipe dedicada inteiramente a ajudar os seus estudantes internacionais a encontrar oportunidades de estágio.

 

Foi assim que Mariana conquistou um estágio na área de inovação do marketing na ONG holandesa chamada Cordaid. A pós-graduanda passava por acompanhamento mensal com um Coach particular da Universidade, participava de feiras de carreiras e visitas de empresas ao campus, o que lhe proporcionava a oportunidade de conversar pessoalmente com possíveis empregadores e, assim, demonstrar preparo e interesse genuíno por uma vaga.

 

Por isso, ao escolher a sua universidade na Holanda, você deve considerar todos estes fatores. Se a sua intenção é conseguir uma experiência profissional durante os estudos, deve pesquisar por instituições que não só exijam um estágio como parte da grade curricular como também forneçam serviços de orientação e acompanhamento e realizem eventos regulares de carreira.

 

Mariana Foschetti durante os estudos na Holanda.

 

2. Pesquise bastante e fortaleça a sua rede de contatos

 

Assim como quase em todos os lugares do mundo, outra forma de encontrar estágios é por sites e outras publicações/recursos de anúncio de vagas. Nós já listamos algumas das melhores contas no Twitter de divulgação de oportunidades na Holanda aqui. A Nuffic Neso Brazil, órgão oficial de promoção da educação superior holandesa no Brasil, também deve ser um ponto de partida.

 

Há ainda sites de banco de dados de vagas de estágios, como:

 

 

O boca-a-boca também é uma estratégia mais simples, mas eficiente. Informe seus colegas de classe, professores e conhecidos que você está à procura de um estágio. A sua rede de contatos pode acabar lhe proporcionando uma indicação. Esta é a importância principal do networking.

 

“A TIAS me indicou a vaga e eu enviei o meu CV diretamente para o responsável pela seleção. Então logo fui chamada para uma entrevista no escritório deles e nesse mesmo dia fui selecionada para a vaga”, relata Mariana.

 

3. Empenhe-se e demonstre interesse

 

Apesar de a universidade ajudar, o estudante deve desempenhar o papel principal. “Acredito que o maior diferencial que me fez ter sucesso nesse processo foi o fato de eu ter tido a oportunidade de conversar diretamente com o pessoal da Cordaid quando eles nos visitaram na TIAS, demonstrando meu interesse pela empresa e o meu background profissional na área, que me permitiu apresentar um projeto de interesse para eles no dia da entrevista”, explica a mineira.

 

A Universidade pode exercer o papel de mediadora entre candidato e empresa, no entanto, cabe ao estudante participar de eventos profissionais, mostrar-se interessado, preparar-se, compreender seus pontos fortes e fracos e, inclusive inteirar-se sobre as leis do país em relação ao trabalho. O processo não é muito diferente do que acontece no Brasil: um candidato bem preparado, com um histórico interessante e vontade de aprender acaba se destacando.

Pesquise por cursos

Holanda
Pós-graduação
SOBRE O AUTOR

Como conseguir um estágio na Holanda?

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.