Essenciais
Suécia: Quando chegar lá

Por que a Suécia é um destino de estudo inovador?

A Suécia se destaca como um destino de estudo progressivo, criativo, inovador e igualitário. Ela é ideal para uma experiência estudantil holística.

Por que a Suécia é um destino de estudo inovador?

A Suécia nos deu o Spotify, a IKEA, a ativista Greta Thunberg e a banda ABBA, só para citar alguns exemplos. Conhecida pela sua visão inovadora e progressiva da vida, o sistema de ensino sueco não é exceção. Um núcleo de startups, igualdade de gênero e sustentabilidade, a Suécia tem firmado o seu lugar no cenário global por diferentes razões positivas.

 

Estudar na Europa - Suécia

 

Aqui, exploraremos esta perspectiva sueca de mundo para que você tenha uma ideia de como seria mergulhar na cultura do país.

 

Especialistas em educação

 

Uma nação de líderes do pensamento, a Suécia tem algumas das principais universidades do mundo, como o Karolinska Institute, Uppsala University e Lund University. Reconhecida internacionalmente por suas pesquisas e pelo desempenho do seu ensino superior, o governo sueco investe quantias substanciais no sistema educacional nacional para manter a reputação de “educação do futuro”.

 

A Suécia se estabeleceu como pioneira em igualdade de acesso, independente de gênero, nacionalidade ou origem socioeconômica. Os estudantes na Suécia são incentivados a pensar de maneira crítica, independente e criativa, refletindo a sociedade liberal não hierárquica do país, que busca promover a liberdade de pensamento e expressão.

 

Outro exemplo da reputação intelectual da Suécia é o Prêmio Nobel, criado no país em 1895 para reconhecer os avanços mais importantes na literatura, paz, cultura, ciência e física, que se mantém relevante até hoje.

 

Estudar na Suécia - Prêmio Nobel

 

Taxas de ensino na Suécia

 

Talvez você esteja pensando que tudo isso parece incrível, mas que o preço para estudar em um lugar como a Suécia deve ser caro. A verdade é que isso depende do seu objetivo. Os estudantes não europeus pagam um valor um pouco mais alto do que vindos da Europa, como acontece na maioria do continente.

 

Apesar da média de valores dos cursos ser bem similar aos demais países, a moeda oficial da Suécia é a coroa sueca que equivale a R$ 0,44 aproximadamente, enquanto o euro custa R$ 4,70. Além disso, há sempre a possibilidade de tentar uma bolsa de estudo.

 

Políticas progressivas

 

A Suécia se tornou um líder universal por sua visão progressista, não apenas dentro do sistema educacional, mas também em diversas esferas da vida, que fica evidente na cultura e estilo de vida dos suecos. Veja alguns exemplos a seguir!

 

Equilíbrio entre vida e trabalho

 

Chega de estresse e burnout! Os suecos têm como prioridade manter um equilíbrio entre vida profissional e pessoal. A rotina de trabalho não costuma exceder 40 horas por semana. A maioria das pessoas para de trabalhar às 17h em um dia útil comum de seis horas. Compare esses dados com a Coreia do Sul, por exemplo: a semana de trabalho foi reduzida de 68 para 52 horas, bem acima da média.

 

Durante os estudos, se você resolver trabalhar na Suécia, poderá aproveitar do tempo livre para descansar, conhecer o país ou colocar os estudos em dia, graças ao valor atribuído a esse equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

 

De acordo com o Relatório de Felicidade das Nações Unidas de 2019, a Suécia é o sétimo país mais feliz do mundo, com base em vários fatores, como expectativa de vida, generosidade e tempo de lazer. Não é de se espantar que o balanço saudável respeitado pelos suecos os ajuda a ter mais tempo livre e a ser mais felizes.

 

Estudar na Suécia - população feliz

 

Consciência ambiental

 

Os suecos também são conhecidos pela preocupação exemplar com a sustentabilidade e as mudanças climáticas. Nos últimos anos, a Suécia passou a ser associada à Greta Thunberg, uma ativista ambiental que começou a sua campanha aos 15 anos e ganhou voz pelo mundo após os seus protestos em frente ao parlamento sueco, pedindo ações dos políticos em relação às mudanças climáticas.

 

Enquanto Greta agora atua como símbolo do ativismo ambiental – tendo, inclusive, discursado no último encontro de cúpula da ONU –, ela não está sozinha. A sustentabilidade é um tema levado a sério na Suécia. Quem se interessa pelas Ciências Ambientais e quer seguir profissionalmente nesta área encontrará na Suécia um destino de estudo ideal. O planeta agradece!

 

Estudar na Suécia - Sustentabilidade

 

Igualdade

 

Até aqui, você já deve ter entendido que a Suécia é um país com visão de futuro, de mente aberta, que quebra normas e incentiva outros países a fazer o mesmo – e, como resultado, é uma das nações mais felizes do mundo.

 

Isso também se traduz na posição do país em relação à igualdade. Além de ser um dos lugares mais avançados do mundo para direitos LGBTQIA+, a Suécia também é exemplo de igualdade de gênero.

 

O governo nacional foi o primeiro na história a se declarar feminista. De fato, 12 dos 22 ministros são mulheres. Este número é bem mais equilibrado do que na maioria dos países, como nos Estados Unidos, onde apenas 26% do parlamento é do sexo feminino, em comparação aos 47% da Suécia.

 

Em 2015, o governo sueco distribuiu exemplares do livro Sejamos Todos Feministas da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adiche no ensino médio público.

 

Além disso, a discriminação de gênero no trabalho é ilegal desde 1980. Embora ainda exista uma disparidade salarial, a Suécia tem iniciativas para reduzir a desigualdade entre homens e mulheres.

 

De acordo com uma pesquisa sobre igualdade de gênero realizada pela Comissão Europeia, 99% dos suecos entrevistados consideravam “bom que homens chorassem”, um resultado maior do que em todos os outros países europeus participantes. Os suecos também tiveram a menor porcentagem de 11% quando perguntados se o papel mais importante da mulher era cuidar da família.

 

Talento para tecnologia

 

Com uma reputação de núcleo global de inovação e criatividade, a Suécia fez e continua a fazer contribuições revolucionárias ao mundo da tecnologia. Quer alguns exemplos? O marcapasso, o cinto de segurança de três pontos e o andador são invenções suecas.

 

Um exemplo mais recente é a marca Oatly de produtos de leite não lácteos, que conseguiu criar uma alternativa bem-sucedida para pessoas do mundo todo.

 

Como um estudante internacional na Suécia, você terá a oportunidade de se tornar parte desta cultura e aprender novas formas de viver e trabalhar.

 

Leia também:

5 motivos para estudar na Suécia

 

(Texto original de Lizzie Horrocks publicado no Hotcourses Abroad. Tradução e localização de Brenda Bellani.)

Pesquise por cursos

Suécia
Graduação