Essenciais
Suíça: Perspectivas profissionais

Trabalhar na Suíça após os estudos

Saiba como permanecer na Suíça após a graduação para conseguir experiência profissional

Trabalhar na Suíça após os estudos

Você acabou os seus estudos? Fez vários amigos suíços? Apaixonou-se pelo país? Quer permanecer nele por mais alguns meses ou anos para trabalhar?

 

Nós temos algumas dicas de como adentrar o mercado de trabalho suíço após a sua graduação!

 

Como é o mercado de trabalho da Suíça?

 

A Suíça tem um dos maiores salários mínimos da Europa e atualmente passa por um boom de empregabilidade. Ou seja: o período é propício para quem quer trabalhar por lá!

 

A taxa de desemprego atual é de apenas 3%, consideravelmente menor do que a taxa europeia de 8,2%. O setor público teve um enorme aumento de vagas. Mais de 65.000 novos empregos foram criados desde 2005 em hospitais, casas de repouso, creches e universidades.

 

Além disso, grandes empresas multinacionais como a Dell, Microsoft e Rolex têm filiais em Genebra, o que faz da cidade um dos lugares mais propícios para conseguir uma oportunidade após os estudos.

 

Petr Jiskra, gerente de Marketing e ex-aluno do Hotel and Tourism Management Institute (HTMi), na Suíça, conta que o relacionamento mantido pela universidade com as grandes empresas localizadas no país ajuda os estudantes a ganhar uma compreensão real do mercado de trabalho local e nacional.

 

“As universidades fazem sessões com representantes de grandes empresas, que propõem projetos aos estudantes, proporcionando interação e acessibilidade entre as instituições e companhias, o que é realmente muito bom. Isto ajudará os estudantes a se prepararem para o mercado de trabalho e para o setor que estiverem interessados.”

 

Quais são as áreas com maior demanda por profissionais?

 

Os maiores setores na Suíça para profissionais qualificados são os de engenharia, tecnologia da informação (TI) e construção/mercado imobiliário. No entanto, espera-se que a indústria química e farmacêutica cresça bastante nos próximos anos.

 

Outro setor essencial no país é o de turismo e hospitalidade – a quarta maior indústria de exportação da Suíça.

 

“O setor de hospitalidade tem uma longa tradição enraizada na Suíça”, explica Sherif Mamdouh, da secretaria de Comunicações da Ecole Hôtelière de Lausanne (EHL), a melhor escola de Gestão de Hospitalidade do mundo. “O país tem expandido os limites da excelência nesta área por mais de um século. Além disso, é importante notar que a economia suíça é altamente baseada no setor de serviços e a cultura de excelência pode ser notada nos bancos, setores da saúde, de luxo e outros negócios voltados ao atendimento do cliente.”

 

O setor de hospitalidade da Suíça também é bem representado pela educação, diz Petr Jiskra. “A imagem que este setor criou na Suíça como uma marca da educação nacional é uma das mais fortes do mundo. Pergunte sobre a Suíça a qualquer pessoa do ramo e eles afirmarão imediatamente sobre a alta qualidade dos profissionais, cursos e serviços do país.”

 

A engenharia também é um forte em Genebra, na região do CERN e em Zurique, considerada a capital mundial dos serviços bancários/de seguros.

 

Posso trabalhar na Suíça após os estudos?

 

Após a graduação, os estudantes internacionais têm direito a permanecer no país por seis meses adicionais a fim de procurar por um emprego.

 

Isto, no entanto, só será permitido com uma autorização de residência e você poderá assumir cargos de apenas 15 horas semanais.

 

Solene Wolff, orientadora de carreira da ETH Zurique, salienta a importância dos estudantes saberem que é difícil para estrangeiros não europeus permanecerem na Suíça, uma vez que os vistos devem ser concedidos pelas autoridades.

 

“É o mesmo que acontece em muitos países: se as empresas quiserem contratar um profissional estrangeiro, primeiramente precisam comprovar que não encontraram nenhum candidato adequado na Suíça ou na Europa”, explica.

 

Dicas para encontrar uma vaga profissional na Suíça:

 

  • Comece a procurar por vagas o quanto antes possível. Após a graduação, você tem apenas seis meses para encontrar um emprego até precisar deixar o país.
  • Tenha fluência no idioma local. Como a Suíça tem quatro línguas oficiais, as suas chances de conseguir uma vaga serão maiores se você for fluente no alemão, francês ou italiano.
  • Construa um currículo que se destaque dentre os demais.
  • Informe-se sobre a cultura e conduta consideradas adequadas no país para a entrevista de trabalho e seja sempre muito pontual.

 

Sites importantes para encontrar um emprego na Suíça:

 

 

Fonte: Com informações do artigo de Safeera Sarjoo para o Hotcourses Abroad (traduzido e adaptado por Brenda Bellani).

Pesquise por cursos

Suíça
Graduação
SOBRE O AUTOR

Trabalhar na Suíça após os estudos

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.