Essenciais
Suíça: Quando chegar lá

Os lugares mais bonitos na Suíça para visitar durante o feriado de Natal

5 lugares incríveis que você não pode deixar de visitar enquanto estuda na Suíça (ou na Europa) durante o feriado de Natal

Os lugares mais bonitos na Suíça para visitar durante o feriado de Natal
872

Natal já é uma época mágica por si só, mas imagine então comemorá-lo na Suíça? Com paisagens branquinhas de neve, decorações natalinas e tradições centenárias, o país europeu tem vários lugares encantadores para você visitar por todo o mês de dezembro, durante o recesso de final de ano da sua universidade na Suíça ou em qualquer outro país do continente – afinal, ao estudar na Europa é muito fácil viajar por toda ela, seja de avião, ônibus, trem ou carro.

 

Estudar na Europa

 

1. Alpes Suíços

 

Alpes Suíços

 

Se a sua idealização de Natal dos sonhos inclui muita neve, então as montanhas suíças precisam constar nos seus planos de viagens de fim de ano. Imagine acordar na manhã de Natal em um chalezinho, abrir a janela e ver a neve caindo com os Alpes Suíços de plano de fundo? Durante o Natal e o clima festivo, esta região parece sair de um conto de fadas.

 

Primeiramente, você pode escolher entre diferentes resorts incríveis para esquiar nas neves dos Alpes, como o St.Moritz e o Zermatt. Não se preocupe em comprar qualquer tipo de equipamento porque há a possibilidade de alugá-los no local e, inclusive, ter aulas de esqui ou snowboard com um instrutor antes de começar a praticar.

 

Os resorts nos Alpes Suíços também oferecem uma série de atividades natalinas para visitantes de todas as idades, como feirinhas, shows e a visita do Papai Noel.

 

2. A cidade de St Gallen

 

St Gallen

 

A antiga cidade de St Gallen – em português, São Galo –, metrópole no leste do país, ainda preserva construções do século 16 e 18 e proibiu a circulação de veículos na sua parte antiga, melhorando a experiência de quem quer passear a pé pelas suas ruas encantadoras.

 

Em dezembro, coberta de neve, St Gallen recebe a árvore de Natal mais alta da Suíça, de 20 metros, inaugurada anualmente em frente à famosa catedral com uma cerimônia de acendimento das suas mais de 5.000 luzinhas.

 

Se você quiser mergulhar no espírito festivo, pode fazer um dos tours especiais de Natal que passam pela Cidade Velha e pelo distrito da Abadia para conhecer as melhores histórias e tradições natalinas da cidade e do país, culminando o passeio com um chocolate quente e biscoitos.

 

3. Zurique

 

Zurique

 

Apesar de a capital da Suíça não ser o primeiro lugar a vir à mente quando o assunto é tradição natalina, Zurique tem comemorações mais cosmopolitas. Se você estiver na cidade nesta época, não pode deixar de visitar a Estação Central, onde encontra-se a árvore de Natal decorada com cristais Swarovski. Há também um ringue de patinação no gelo e o maior mercado natalino indoor da Europa, com 160 barraquinhas, todas lindamente iluminadas e decoradas, vendendo de tudo, inclusive as tradicionais guloseimas suíças.

 

Em Werdmühleplatz, você pode visitar a árvore de Natal que canta músicas natalinas tradicionais; e em Stadthausquai, no dia 22 de dezembro, há a tradicional “Lichterschwimmem” quando lançam 800 velas flutuantes no rio Limmat às 18h. Chegue cedo para conseguir um bom lugar entre a multidão que se aglomera para presenciar esta romântica tradição.

 

4. Lago Maior

 

Lago Maior

 

O Lago Maior, ou Lake Maggiore, dividido entre Suíça e Itália, é um dos mais famosos lagos alpinos. Nas cidades às suas margens, você encontra tradições natalinas com uma mistura suíça e italiana maravilhosa. Em Locarno, por exemplo, dá para fazer um passeio de barco e ver toda a iluminação natalina da cidadezinha refletida no lago.

 

Em Ascona, você encontra o menor mercado de Natal da Suíça às margens do lago com barraquinhas de madeira vendendo especialidades regionais, artesanatos e suvenires. Por todas as comunidades regionais, há encenações teatrais do nascimento de Jesus gratuitas e ao ar livre.

 

5. Montreux

 

Montreux

 

Montreux, a capital da Riviera Suíça, fica às margens do Lago Genebra. A partir do final de novembro até às vésperas do Natal, mais de 150 chalés ficam iluminados ao longo do lago, formando o Mercado de Natal de Montreux e, nos arredores, a Lumberjack Village recebe apresentações de tradições dezembrinas do mundo inteiro, como francesas, alemãs, japonesas e chinesas.

 

Bem próxima de Montreux, a cidadezinha de Caux mantém uma vila natalina com a oficina, a agência de correio e a casa do Papai Noel, e também a vila dos seus elfos.

 

Férias de Natal de Suíça

 

Como a grande maioria dos programas acadêmicos das universidades na Suíça têm início no semestre de outono, em setembro, quando chega a época de Natal, mas férias são menores do que na metade do ano, quando é verão no Hemisfério Sul.

 

Geralmente o semestre vai de setembro até o dia 20 de dezembro quando tem início o recesso de Natal e Ano Novo e, depois das comemorações, as aulas retomam no início de janeiro. As universidades também costumam ter de uma a duas semanas de “férias de inverno” podendo acontecer entre o dia 27 de janeiro e 11 de março, dependendo da instituição.

 

Tradições natalinas na Suíça

 

A Suíça compartilha muito de suas tradições natalinas com os seus vizinhos Alemanha e Áustria. Como a maioria da sua população é católica, o Advento marca o início das preparações e celebrações. Em vários lugares, segue-se o Calendário do Advento com a contagem regressiva até o dia 25, inclusive com as janelas tradicionais.

 

A partir da data, as casas começam a serem decoradas e os famosos “mercados de Natal” (Christmas markets) começam a aparecer por todo o país, onde você encontra todo tipo de mercadoria e coisinhas fofas, como comidas tradicionais, comidas natalinas e itens de decoração.

 

Em alguns lugares do país, as pessoas fazem procissões pelas ruas entre o Natal e O Ano Novo vestindo máscaras e fantasias, e balançando sinos, fazendo bastante barulho, para afastar os maus espíritos e desejar feliz ano novo às pessoas.

 

Na Suíça, o Papai Noel é chamado de Samichlaus (baseado na imagem de São Nicolas) e, diferente do resto do mundo, visita as crianças no dia 6 de dezembro, mas não traz presentes. Na tradição, ele passa pela casa das pessoas acompanhado de seu ajudante, uma figura de capa e capuz pretos, e bate na porta. Ao ser convidado para entrar, ele lê uma lista de como cada um se comportou durante o ano e depois escutará a declaração de poemas natalinos das crianças da casa. Se ele gostar do poema, presenteia a criança com doces; mas se ela foi malcriada, ele as repreende e, em algumas histórias, ele as leva em seu saco.

 

No dia 25, quem traz presentes é o bebê Jesus ou o Pai do Natal.

Pesquise por cursos

Suíça
Graduação
SOBRE O AUTOR

Os lugares mais bonitos na Suíça para visitar durante o feriado de Natal

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.