Essenciais
Reino Unido: Antes de partir

10 coisas para fazer antes de começar os seus estudos no Reino Unido

Após a admissão, é hora de preparar a sua viagem e os últimos detalhes para os seus estudos no Reino Unido. Vem ver nossas 10 dicas e boa viagem!

10 coisas para fazer antes de começar os seus estudos no Reino Unido

Parabéns, você foi admitido em uma universidade do Reino Unido! Pode-se dizer que a parte mais difícil já passou – sabemos como o processo todo é exigente e burocrático. Mas agora vem a organização da sua viagem e a mudança de país. Deixe-nos dar dez dicas que lhe ajudarão a se programar sem esquecer de nenhum detalhe importante e a aproveitar a sua estadia no Reino Unido da melhor maneira possível!

 

As dicas a seguir são itens que podem ser avaliados, pesquisados e resolvidos antes de viajar, para proporcionar uma experiência segura e tranquila desde o momento de entrar no avião para o Reino Unido. Uma viagem bem planejada facilitará a sua adaptação e, com certeza, diminuirá o choque cultural das primeiras semanas.

 

Estudar no Reino Unido

 

1. Procure eventos internacionais na sua cidade ou região

 

Este é um momento perfeito para escolher estudar no Reino Unido: o governo britânico estendeu a estadia legal no país após os estudos para dois anos a fim de proporcionar experiência de trabalho aos estudantes internacionais. Com esta nova medida, o Reino Unido quer atrair mais talentos estrangeiros ao país. Como demonstra a hashtag #YouAreWelcomeHere (“Você é bem-vindo aqui”), popularizada pelas instituições de ensino superior britânicas após o plebiscito da Brexit, com intuito de manter o interesse de alunos do mundo inteiro por cursos no Reino Unido.

 

Outra coisa cada vez mais comum são eventos e feiras internacionais de intercâmbios para que os interessados tenham contato pessoal e direto com representantes das universidades e tirem todas as dúvidas antes de viajar. Um ótimo exemplo é o Salão do Estudante, que passa por grandes cidades brasileiras duas vezes por ano. E também há os “open days” virtuais, com tours, workshops e chats online, para que você conheça o campus, professores e outros estudantes sem sair de casa.

 

Na fase de preparar a viagem, esses dois tipos de eventos – tanto presenciais quanto virtuais – auxiliarão no seu planejamento e em tirar qualquer dúvida remanescente sobre estudos, acomodação, custo de vida, visto de estudante, etc.

 

2. Compre o seu plano de seguro saúde

 

Como um estudante internacional no Reino Unido, você precisará de um seguro saúde e um de viagem. Os dois planos cobrirão gastos com extravio de malas, voos cancelados e qualquer doença ou acidente que possa ocorrer.

 

A maioria das viagens se passa sem nenhum grande inconveniente e sempre pensamos que “isso nunca vai acontecer comigo”. Mas a máxima é válida: melhor prevenir do que remediar.

 

Se você não tiver um seguro saúde e viagem, pode acabar gastando um dinheirão para cobrir custos inesperados. Portanto, assegure-se de ter todos os planos adequados antes de viajar.

 

O serviço público de saúde do Reino Unido para estrangeiros

 

No Reino Unido, de maneira geral, o serviço de saúde público é conhecido pela sigla NHS, de National Health Service (Serviço Nacional de Saúde). Os estudantes internacionais não europeus têm acesso aos serviços completos de saúde do Reino Unido se estiverem matriculados em um curso de mais de seis meses e tiverem pago a taxa de £ 300 chamada immigration health surcharge (IHS) como parte da solicitação do visto.

 

Seguro viagem

 

O seguro viagem é diferente do de saúde. Cada um deles fornecerá tipos distintos de coberturas. Com o plano de saúde, você tem acesso a serviços médicos por um período mais longo; já o seguro viagem atende a questões médicas mais emergenciais.

 

3. Avalie suas opções de viagem

 

Encontre o seu curso no exterior

 

Primeiramente, é claro, estamos falando sobre suas passagens aéreas. É comum que as universidades peçam que os novos estudantes cheguem ao país com uma semana de antecedência ao início das aulas. Nestes dias, você terá tempo suficiente de se acomodar, conhecer os arredores, visitar o campus universitário e passar pela semana de orientação. E quanto antes você comprar suas passagens, mais baratas costumam ser.

 

Além disso, quando falamos de opções de viagens, também queremos dizer o transporte público na sua cidade britânica. Onde você morará? Como irá à universidade todos os dias? Compensa comprar uma bicicleta e você teria onde deixá-la na sua acomodação? Se você for de ônibus ou metrô, qual linha pegar?

 

Em Londres e outras grandes cidades, por exemplo, há várias linhas de metrô, ônibus e até mesmo de trem. No entanto, se você escolheu uma localização mais rural ou em uma cidade pequena, como a Keele University, por exemplo, em Stafforshire, precisará conhecer os horários de ônibus para o centro da cidade Newcastle-Under-Lyme, porque a rota é mais limitada. Neste caso, também compensa procurar uma acomodação dentro do campus ou então perto de um ponto de ônibus.

 

Há, inclusive, aplicativos gratuitos que ajudam a acompanhar o transporte público, como o CityMapper e o Moovit.

 

4. Conheça os serviços de suporte da sua universidade

 

Embora o período de estudos universitários, especialmente no exterior, é de novas experiências e oportunidades inigualáveis, sabemos que também exige muito trabalho, dedicação e automotivação. Para isso, existem os serviços de suporte nas universidades do Reino Unido, alguns específicos para os estudantes internacionais. Se você se sentir sobrecarregado ou ansioso em qualquer momento dos seus estudos no exterior, você tem a quem recorrer dentro da sua instituição, seja um veterano, professor, membro da equipe de suporte, orientador ou integrante da União do Estudante. Há sempre alguém disponível a lhe ajudar!

 

Quase todas as universidades britânicas têm um sistema de apoio que disponibiliza todo tipo de serviço de suporte aos estudantes, desde aconselhamento pessoal e confidencial até orientação sobre os estudos, acomodação, carreia e questões financeiras. Visite o site oficial da sua universidade e informe-se sobre todos estes recursos disponíveis antes da sua viagem e saiba com quem entrar em contato sempre que precisar de assistência.

 

Estudar em outro país significa desenvolver independência e aprender a se virar sozinho. Isso pode ser difícil no início e é normal que você se sinta inseguro. Por isso, estar preparado para as primeiras semanas faz toda a diferença!

 

5. Reúna todos os seus documentos importantes

 

Passaporte e visto para estudar no Reino Unido

 

Reúna em uma pasta – também cópias digitalizadas de– todos os seus documentos importantes para a viagem, a passagem na imigração e a primeira semana de aulas:

 

  • Passaporte com visto de estudante válido;
  • Currículo;
  • Carta de admissão da sua universidade no Reino Unido;
  • Passagens aéreas;
  • Contrato da sua moradia no Reino Unido (mesmo que seja temporária);
  • Seguro saúde e viagem;
  • Informações financeiras, como carta do seu banco ou extratos bancários.

 

Basicamente, são todos os documentos que você usou para a sua inscrição na universidade e a confirmação do seu visto de estudante.

 

6. Entre em grupos de estudantes nas redes sociais

 

Uma das melhores formas de conhecer outros estudantes antes mesmo de viajar é fazendo parte de páginas e grupos nas redes sociais. Apesar de nem sempre serem condizentes à realidade, pelo menos você já tem um gostinho da vida estudantil no campus, consegue conhecer alguns dos rostos que frequentarão as mesmas aulas que você e até mesma fazer algumas amizades.

 

Estes grupos frequentemente são criados pela própria universidade, portanto, são ambientes virtuais mais seguros e privados de interação online em comparação a grupos formados pelos próprios estudantes.

 

Em toda caso, as mesmas regras de precaução se aplicam: não compartilhe nunca informações pessoais e confidenciais e apenas marque de conhecer pessoas novas em lugares públicos e protegidos.

 

7. Prepare-se para a sua chegada

 

O que fazer para estudar no Reino Unido?

 

Está ansioso? É completamente normal e você não estará sozinho! Imagine o tanto de gente que está passando pela mesma situação que você. A maioria dos estudantes também está animada e ansiosa porque é uma experiência completamente nova, incrível e desafiadora.

 

Para diminuir um pouco o nervosismo, é bom criar um roteiro para o seu primeiro dia no Reino Unido. Apesar de as coisas nem sempre saírem como o planejado, ter um passo a passo do que fazer será tranquilizador.

 

Considere estas questões:

 

  • Como você irá do aeroporto à sua nova casa? Se a sua universidade oferecer translado, será que compensa solicitar este serviço? Talvez seja um gasto a mais, mas às vezes vale a pena ter alguém para recebê-lo na sua chegada.
  • Você tem um plano internacional para o seu celular? Há lojas de telefonia no próprio aeroporto, onde você pode comprar um chip internacional para mandar notícias à família o quanto antes possível.
  • Onde você se hospedará nos primeiros dias? Nem sempre é possível resolver sua acomodação definitiva antes da viagem, aí precisará decidir onde passará seus primeiros dias. Leve o endereço anotado em algum lugar de fácil acesso e estude como chegar nele de transporte público, caso seja necessário.
  • Qual é o mercado mais próximo da sua casa ou então um restaurante confiável? Você terá muita fome depois de uma longa viagem de avião. Use o Google Maps para encontrar os comércios da região e também para ler avaliações de restaurantes perto da sua acomodação. Quem sabe você já consegue fazer uma compra para abastecer sua dispensa no primeiro dia ou então marcar um jantar com outros estudantes.
  • Você visitará o campus no primeiro dia? Se sim, quais transportes pegará para chegar lá? Quais documentos você precisa levar com você para sua matrícula?
  • Se você for morar no campus, verifique se haverá algum evento de orientação ou boas-vindas para os novos estudantes. Esta é uma excelente forma de não se sentir sozinho no primeiro dia.
  • Saiba quem será o seu primeiro contato na universidade: você irá falar com algum representante estudantil na orientação ou então deve ir direto à secretaria internacional?
  • Se você for dividir o seu dormitório acadêmico com outro estudante, tente entrar em contato com ele antes de viajar para que se conheçam um pouco previamente e, assim, evitar um momento constrangedor de não saber o que falar com um total desconhecido que morará com você.
  • Quanto dinheiro você levará consigo antes de abrir uma conta bancária no Reino Unido? Não é seguro viajar com grandes quantias em dinheiro, mas você precisará de um valor suficiente para se manter nos primeiros dias. Se preferir, pode criar um cartão internacional pré-pago, apesar de as taxas de conversão serem significativamente mais altas.

 

Temos um artigo que responde as 15 principais questões sobre como escolher a sua acomodação estudantil no exterior.

 

8. Procure por bolsas de estudo

 

Estudar no exterior não é barato, nós sabemos. Por isso, uma forma de amenizar o peso financeiro da experiência é encontrar oportunidades de bolsas de estudo. Um dos principais exemplos é a Chevening Scholarship, para mestrados no Reino Unido, oferecidas pelo governo britânico.

 

Use a ferramenta de busca do Hotcourses Brasil para pesquisar por bolsas de estudo no Reino Unido em nosso banco de dados virtual.

 

9. Abra uma conta bancária no Reino Unido

 

Esse item é inevitável para quem pretende passar mais de seis meses no Reino Unido: em algum momento, você terá de abrir uma conta bancária no país para manter o seu orçamento em segurança durante os estudos. Será mais fácil para pagar suas contas mensais, o aluguel e quaisquer outras despesas sem precisar fazer transferências bancárias da sua conta no Brasil.

 

Tente abrir a sua conta antes mesmo de viajar e isto será uma preocupação a menos na sua primeira semana. Você precisará da maioria dos documentos listados na dica 5 para comprovar a sua elegibilidade, inclusive a carta de admissão universitária que comprova o seu status de estudante.

 

No entanto, caso isso não seja possível, como dissemos acima, leve consigo uma quantia em dinheiro adequada para passar os primeiros dias até você conseguir visitar um banco pessoalmente.

 

10. Faça o download do seu cronograma de aulas

 

Várias universidades já disponibilizam o calendário de aulas na metade ou final de agosto – lembrando que o ano letivo tem início em setembro no Reino Unido. Isto significa que você já terá uma ideia do seu cronograma de aulas (e fazer o download dele para impressão, se quiser) e pode começar a se programar com mais precisão.

 

Sabendo quais períodos estará em aula e quando terá tempo livre, você conseguirá programar suas atividades extracurriculares, como, por exemplo, fazer parte de uma sociedade estudantil ou clube esportivo da sua universidade.

 

Pronto! Você está oficialmente preparado para os seus estudos no Reino Unido. Agora é só fazer as malas!

 

Leia também:

Intercâmbio na Leeds: brasileira relata vantagens da experiência

Chevening: como Marina conseguiu admissão na bolsa de estudo

O registro obrigatório na polícia do Reino Unido

 

Texto original de Lizzie Horrocks publicado no site Hotcourses Abroad. Tradução e adaptação de Brenda Bellani.

Study in the UK

GRATUITO

eBook 'Estudar no Reino Unido'

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar no Reino Unido em um só livro digital.

Baixe seu eBook
CURSO PERFEITO
Quer saber qual curso é melhor para você?
Descubra com a nossa nova ferramenta "Selecionador de curso"!
COMEÇAR SUA BUSCA