Essenciais
Reino Unido: Destino de Estudo

Como escolher uma universidade de qualidade no Reino Unido

Cinco fontes oficiais de informações e premiações acadêmicas para escolher a sua universidade de alta qualidade no Reino Unido.

Como escolher uma universidade de qualidade no Reino Unido
155

O Reino Unido tem uma diversidade incrível de universidades renomadas espalhados por todos os lugares, desde Londres até as menores cidades da Inglaterra, passando também pela Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. Como escolher a sua instituição britânica? Há uma série de fatores a ser analisados, desde valor do curso e custo de vida até a disponibilidade da área de estudo do seu interesse de requisitos de admissão.

 

No entanto, se a sua preocupação for escolher uma universidade de qualidade, oficialmente reconhecida pelo governo e com alto nível de satisfação entre os estudantes (e, acredite, esta deve ser, sim, uma preocupação sua na hora de escolher onde estudar, independente do destino), nós temos algumas dicas.

 

 

As suas fontes de pesquisa devem ser oficiais; não basta entrar no site da universidade sem checar se todas as qualidades listadas por ela são reais. Cada uma vende o seu peixe como pode, mas há meios de verificar a veracidade das conquistas e ofertas das instituições. É exatamente esta a nossa proposta com este texto! A seguir, listaremos cinco formas de confirmar a qualidade e a reputação de algumas universidades do Reino Unido.

 

Note que estas não são as únicas listas oficiais existentes – se a sua instituição britânica de interesse não constar em nenhuma das que citaremos aqui, não significa automaticamente que ela não é renomada. A ideia é que você conheça algumas das formas existentes de comprovar a qualidade de uma instituição de ensino superior além dos rankings acadêmicos e, a partir daí, dê início à sua própria pesquisa, checando as informações, os prêmios e as classificações referentes à sua universidade antes de se inscrever. Vamos lá?

 

Russell Group

 

Russell Group

Universidade de Glasgow, umas das 24 instituições de ensino superior mais importantes do país integrantes do Russell Group.

 

O principal grupo de universidades renomadas do Reino Unido é, sem dúvidas, o Russell Group. Criado em 1994, ele é formado pelas 24 instituições de ensino superior mais importantes do país, reconhecidas pela excelência tanto em ensino quanto em pesquisa científica.

 

Isto significa que, além de formar alguns dos profissionais e pensadores mais distintos do mundo, estas universidades também têm um impacto nacional e global na sociedade, seja em âmbito acadêmico, social, econômico ou cultural.

 

Suas pesquisas são recorrentemente responsáveis por inovações e descobertas revolucionárias e as suas graduações são garantia de uma formação de primeira classe.

 

O Russell Group é formado pelas seguintes universidades:

 

 

Visite o site oficial do Russell Group.

 

Queen’s Anniversary Prize

 

O Queen’s Anniversary Prizes for Higher and Further Education (em tradução livre, Prêmios do Aniversário da Rainha para Educação Superior e Continuada) é uma premiação bienal para universidades e faculdades dos setores do ensino superior e educação continuada do Reino Unido, criado como uma celebração do 40º aniversário do reinado da Elizabeth II como monarquia britânica em 1990.

 

Desde então, a cada dois anos, a celebração do aniversário premia instituições educacionais, promove a conscientização cultural e o avanço da educação. O Queen’s Anniversary Prize, criado e financiado pela instituição de caridade independente Royal Anniversary Trust, aceita a inscrição de universidades e faculdades de qualquer área de ensino e as avalia de acordo com os seguintes critérios: inovação; benefícios para a própria universidade; e o bem para as pessoas e a sociedade de maneira geral.

 

A honra, quando concedida, vai para a universidade como um todo, e não para um de seus acadêmicos ou departamento específico, por isso é um prêmio tão importante e significativo e estimula o senso de comunidade dentro das instituições britânicas.

 

Veja alguns dos 22 prêmios concedidos na última edição do Queen’s Anniversary Prizes, em 2017:

 

  • Prêmio das Artes para a Art University Bournemouth: Distinta graduação em Design de Figurino para as principais indústrias criativas do Reino Unido.
  • Prêmio de Medicina, Saúde e Bem-Estar para a Cardiff University: Diagnóstico e tratamento de problemas de visão em crianças com Síndrome de Down.
  • Prêmio de Meio Ambiente para a Cranfield University: Dados ambientais e do solo em larga escala para o uso sustentável de recursos naturais no Reino Unido e no mundo.
  • Prêmio de Engenharia e Tecnologia para a Harper Adams University College: Aplicação inovadora da engenharia e tecnologias agrícolas para tratar da segurança alimentar no Reino Unido e global.
  • Prêmio de Medicina, Saúde e Bem-Estar para a London School of Hygiene and Tropical Medicine: Resposta à crise de ebola com ação clínica, treinamento local e novas estratégias de prevenção.
  • Prêmio de Educação e Treinamento para a National Film and Television School: Treinamento especializado para cinema e televisão com objetivo de fornecer talento excepcional e reconhecido à economia criativa do Reino Unido.
  • Prêmio de Humanas, Ciências Sociais e Direito para a London School of Economics and Political Science: Treinamento, pesquisa e formação política para cidades do futuro e uma nova geração de líderes urbanos em outros países.

 

Como você pode notar, a universidade se inscreve com um ou mais dos seus projetos acadêmicos em qualquer área do saber e o Prêmio seleciona os mais notáveis de acordo com uma série de classificações, seja de Medicina, Educação, Engenharia, Artes, Humanas, Ciências Sociais, Sustentabilidade e muito mais.

 

Visite o site oficial do Queen’s Anniversary Prizes.

 

Teaching Excellence Framework

 

O Teaching Excellence and Student Outcomes Framework (em tradução livre, Estrutura de Excelência em Ensino e Resultados Estudantis), mais conhecido como TEF, é um sistema de avaliação independente criado pelo governo da Inglaterra a fim de reconhecer e incentivar a excelência no ensino de universidades e faculdades do país.

 

O seu objetivo é ajudar os estudantes a escolher onde estudar de acordo com informações transparentes sobre a educação e o resultados estudantis das universidades nacionais. Um esquema voluntário, o TEF analisa instituições do ensino superior da Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte e os classifica como “ouro”, “prata” e “bronze”.

 

  • Ouro: A principal classificação é dada às instituições com ensino, aprendizado e resultados estudantis consistentemente excepcionais. Ela representa o mais alto padrão de qualidade no ensino do Reino Unido.
  • Prata: A classificação prata é concedida às instituições de alta qualidade em ensino, aprendizado e resultados estudantis, que consistentemente excede os rigorosos requisitos de qualidade nacionais para o ensino superior do Reino Unido.
  • Bronze: A classificação bronze é concedida às instituições que atendem aos rigorosos requisitos de qualidade nacionais para ensino, aprendizado e resultados estudantis da educação superior do Reino Unido.

 

Há também uma quarta classificação chamada provisional awards, para as universidades e faculdades que foram avaliadas pelo TEF, mas ainda não têm dados suficientes para serem totalmente analisadas.

 

Para a avaliação, as universidades e faculdades devem fornecer dados ao TEF para que a classificação seja gerada. Depois, um grupo independente de acadêmicos, estudantes e empregadores avaliam todos os dados recebidos com base em seis métricas principais, como média de continuação, satisfação estudantil e empregabilidade dos estudantes formados, e também considera a mistura de estudantes – características, qualificações para admissão e as áreas de estudo cursadas.

 

O TEF, inclusive, influencia o valor das taxas de ensino cobradas na Inglaterra. As universidades e faculdades públicas que tiverem uma classificação TEF podiam ter taxas de ensino até £ 9.250 por ano para cursos integrais em 2018; já as instituições sem uma classificação TEF cobravam até £ 9.000.

 

Saiba mais sobre o TEF pelo site da Times Higher Education.

 

Research Excellence Framework

 

Pesquisa acadêmica no Reino Unido

O REF avalia as pesquisas acadêmicas conduzidas pelas universidades do Reino Unido.

 

Parecido com o TEF, o Research Excellence Framework (Estrutura de Excelência em Pesquisa, sucessor do Research Assessment Exercise, avalia as pesquisas conduzidas pelas instituições de ensino superior no país e o seu impacto no meio acadêmico e na sociedade. O REF é um critério de qualidade muito importante para quem está à procura de uma pós-graduação no Reino Unido.

 

A avaliação é realizada por quatro órgãos de financiamento de ensino superior britânicos: Research England, Scottish Funding Council, Higher Education Funding Council for Wales e o Departamento de Economia da Irlanda do Norte. O painel responsável pelo processo especializado de avaliação conta com 34 unidades baseadas em áreas de estudo e formadas por acadêmicos sêniores, membros internacionais e usuários de pesquisa.

 

O objetivo principal do REF, segundo seu site oficial, é “garantir a continuação de uma base de pesquisa mundialmente renomada, dinâmica e responsiva pelo espectro completo do ensino superior no Reino Unido”. Para isso, a avaliação:

 

  • Oferece uma contabilidade para o investimento público em pesquisa e produz provas dos benefícios deste investimento;
  • Fornece uma análise comparativa e estabelece padrões de medidas de reputação para ser usado pelo setor de educação superior e para informação pública;
  • Informar a alocação seletiva de financiamentos para pesquisa no país.

 

Como as universidades recebem muitas doações e financiamentos públicos – aproximadamente £ 2 bilhões por ano – para os seus projetos de pesquisa, o REF funciona como uma contabilidade deste dinheiro movimentado pelo setor. Basicamente, ele identifica quais universidades estão dando resultado ao dinheiro investido em suas pesquisas, mas também é um padrão de qualidade do ensino no nível de pós-graduação.

 

O REF analisa três elementos de cada submissão: a qualidade dos resultados das pesquisas (publicações, desempenho e exibições), o seu impacto além o meio acadêmico, e o ambiente que apoia a pesquisa.

 

Visite o site oficial do REF.

 

UCAS

 

Outra fonte de informação confiável sobre a qualidade das instituições de ensino superior do Reino Unido é o UCAS (Universities and Colleges Admissions Service), serviço centralizado de inscrição no país. Se você pretende fazer um bacharelado em uma universidade britânica, as probabilidades são que você precisará passar pelo UCAS, já que ele concentra a grande maioria dos processos seletivos do Reino Unido – 2,85 milhões de inscrições de estudantes britânicos, europeus e internacionais passam por ele.

 

O UCAS reúne os requisitos de admissão de todas as universidades participantes e é em seu próprio site oficial em que a inscrição online é feita. Cada estudante pode se candidatar a até cinco cursos de uma vez pelo mesmo processo.

 

Visite o site oficial do UCAS.

 

Leia também:

O que são as universidades independentes do Reino Unido?

O que são os cursos BTEC do Reino Unido?

Graduate Schemes no Reino Unido: o que são e como conseguir um emprego?

Study in the UK

GRATUITO

eBook 'Estudar no Reino Unido'

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar no Reino Unido em um só livro digital.

Baixe seu eBook

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Reino Unido
Graduação
SOBRE O AUTOR

Como escolher uma universidade de qualidade no Reino Unido

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.