Essenciais
Reino Unido: Destino de Estudo

University of Leeds se destaca pela qualidade do suporte ao estudante, diz ex-alunas brasileiras

As brasileiras Cintya e Clarice contam sobre as experiência de estudar por um semestre na University of Leeds, no Reino Unido, e como o forte da instituição é o seu suporte estudantil

University of Leeds se destaca pela qualidade do suporte ao estudante, diz ex-alunas brasileiras
178

Foto: Cintya Hayashi, durante o evento do loveUK em São Paulo, contando sobre a sua experiência no Foundation Year de Enfermagem da University of Leeds.

 

A University of Leeds faz parte do Russell Group das 24 universidades britânicas de pesquisa intensiva e está localizada em Leeds, a terceira maior cidade e também um dos maiores centros empresariais, legais e financeiros do Reino Unido. Na última terça-feira, o loveUK reuniu duas ex-alunas brasileiras da Leeds em São Paulo para compartilhar suas experiências e tirar dúvidas de outros interessados em estudar na Universidade.

 

Suporte ao estudante internacional na University of Leeds

 

University of Leeds Library

Brotherton Library, da University of Leeds. (Fonte: ledds.ac.uk)

 

Um dos principais destaques da Leeds é o suporte dedicado e constante que ela oferece a todos os seus estudantes, especialmente aos estrangeiros. Cintya Hayashi fez um semestre do Foundation Year em enfermagem. Ela escolheu a University of Leeds entre duas universidades britânicas pelas respostas rápidas e atenciosas que recebeu durante o período de inscrição. “Eu percebi que ali eu receberia o apoio que precisasse”, conta.

 

Tanto ela quanto Clarice Lopes já eram estudantes da Universidade de São Paulo (USP) quando decidiram pelo intercâmbio em Leeds por seis meses. Clarice conseguiu uma bolsa do Santander para estudar na Escola de Sociologia da Universidade, famosa por diversos motivos, entre eles por ser onde Zygmunt Bauman lecionada como professor emérito, importante sociólogo criador do pensamento sobre Modernidade Líquida.

 

“As bibliotecas da University of Leeds são maravilhosas e ficam abertas 24 horas por dia na época de provas. Elas também tinham toda a bibliografia que eu precisava em português”, relembra. Nos últimos dez anos, a instituição investiu £ 3,2 bilhões em desenvolvimentos e reformas no campus, inclusive um prédio novinho inaugurado em 2017.

 

“Eles estão sempre preocupados com a infraestrutura da Universidade para oferecer a melhor experiência estudantil em ambientes modernos e atualizados”, explicou Gabriela Araújo, consultora educacional do loveUK, durante o evento. “A Leeds é uma das melhores universidades para suporte estudantil. [Sua equipe] está sempre disposta a conversar com os alunos internacionais.”

 

University of Leeds

Gabriela Araújo, do loveUK, apresentou alguns fatos e curiosidades sobre a University of Leeds para os estudantes em São Paulo.

 

De fato, o apoio começa antes mesmo do início dos estudos. Além de estar sempre aberta para tirar as dúvidas e orientar os candidatos internacionais, uma vez matriculados, a Leeds mantém um serviço de recepção no aeroporto, para buscar os novos estudantes que aterrissam no país, e também uma semana de orientação recheada de atividades, a fim de ajudar na adaptação à vida universitária logo na primeira semana.

 

Cintya lembra de receber orientação sobre diferentes aspectos na Welcome Week, inclusive como abrir uma conta bancária na cidade, e de até ver veteranos distribuindo pizza para os recém-chegados.

 

Uma vez adaptados, os estudantes podem fazer uso gratuito do Skills Centre (Centro de Habilidades) e do Language Centre (Centro de Idioma) sempre que precisar de um reforço nos estudos, seja para aprender a melhorar sua escrita acadêmica, perder a vergonha de conversar em inglês, etc.

 

Foundation Year e visto Tier 4

 

A University of Leeds oferece o programa especial de Foundation Year, que representa o primeiro ano de estudos necessário para que estrangeiros possam cursar uma graduação no Reino Unido. (Saiba mais sobre o Foundation Year no Reino Unido aqui.)

 

Os alunos internacionais precisam solicitar o Tier 4, visto de estudante geral para o Reino Unido, antes de viajar para Leeds. Matriculados no Foundation Year, o governo permite trabalhar no país por dez horas semanais durante o ano letivo. Estudantes de graduação e pós-graduação têm direito a 20 horas por semana de trabalho.

 

O Tier 4 é concedido aos candidatos que atingirem uma pontuação adequada em um questionário e tiverem a documentação certa de acordo com as exigências da imigração britânica, como, por exemplo, resultado no IELTS e prova de meios financeiros para cobrir os gastos de vida durante os estudos – o valor obrigatório é de £ 1.015 por mês para quem irá morar fora de Londres e £ 1.265 por mês em Londres, comprovado por meio de extratos bancários ou carta oficial do gerente da sua conta.

 

Segundo Gabriela, a decisão sobre o seu visto Tier 4 é menos discricionário por não envolver a primeira impressão que algum oficial do consulado tem sobre você.

 

Sociedades e clubes estudantis na Leeds

 

Outro aspecto essencial na vida universitária no Reino Unido são as sociedades e clubes estudantis, organizados pelos e para os estudantes. Estes grupos englobam absolutamente todo tipo de interesse, desde cultural e político a global e esportivo, a fim de incentivar hobbies, amizades entre os estudantes e uma vida social ativa de atividades extracurriculares. Que tal aprender a jogar Quadribol, o esporte da saga Harry Potter?

 

A University of Leeds leva isso muito a sério. A sua União dos Estudantes mantém mais de 300 clubes e sociedades. “Eu escolhi fazer coisas bem inglesas para aproveitar a oportunidade. As sociedades recebem dinheiro da Universidade e são muito boas em organização, eu aprendi muito”, diz Clarice. Durante o seu semestre na Leeds, ela escolheu participar do grupo de trilhas e também de um bem inusitado: de tocadores de sinos de igrejas. “É bem mais difícil do que parece e envolve até matemática!”

 

University of Leeds

Clarice escolheu ter o máximo de experiências inglesas que pudesse durante o seu intercâmbio em Leeds.

 

Por sua vez, Cintya conseguiu integrar a equipe de natação, uma vez que já praticava o esporte no Brasil, e também do grupo de socorristas voluntários de Leeds que faziam plantões nas festas da Universidade.

 

Aulas X Seminários

 

Embora a University of Leeds tenha também as aulas em seu formato mais tradicional, o ensino superior no Reino Unido, de maneira geral, incentiva a participação dos estudantes em sala e valoriza o estudo independente. Por isso, as aulas em formato de seminários são mais constantes e também importantes do que simplesmente ouvir o seu professor.

 

“Nos seminários, os estudantes se sentam com assistentes ou estudantes de PhD para conversar e repassar o conteúdo”, explica Clarice. “Para isso, você precisa estudar por conta e trazer uma bagagem para estar preparada. É outra organização de estudo bem interessante.”

 

Segundo Cintya, a Universidade quer formar pessoas que tenham um raciocínio próprio e que consigam ter ideias diferentes. Além da grade curricular, os estudantes têm bastante tempo livre, que deve ser aproveitado para estudar sozinho e se preparar para as aulas. No caso das brasileira, por cursar uma área de saúde, ela também participava de casos clínicos e discussões em grupo.

 

Segundo o perfil da University of Leeds no Hotcourses Brasil, os seus estudantes “são treinados para serem pensadores críticos e analíticos independentes, como também para serem aprendizes automotivados que sabem como definir problemas e procurar soluções”.

 

Pesquisa acadêmica

 

A University of Leeds é uma das dez melhores universidades de pesquisas científicas do Reino Unido, segundo o REF de 2014. A enfermeira Cintya teve um contato proveitoso com este lado da instituição. Ela conseguiu fazer duas disciplinas da graduação, além do Foundation Year, porque na época, em 2009, ela já cursava enfermagem no Brasil antes de viajar.

 

“[Os professores da Leeds] querem saber como você vai evoluir o seu pensamento com as aulas. Eles são bem focados em pesquisa e ajudam os estudantes a ter insights do que podem estudar em seus projetos.”

 

De acordo com Gabriela, consultora do loveUK, os cursos de mestrado e também as graduações da Leeds são bem específicos, com várias especializações disponíveis em cada área de estudo. No total, são mais de 500 opções de graduação e 300 de mestrados.

 

Os estudantes de pós-graduação da Leeds formam uma comunidade de mais de 7.000 integrantes, trabalhando lado a lado com equipes profissionais de pesquisa internacionalmente renomadas. Um dos exemplos mais recentes das revolucionárias pesquisas da Leeds foi resultado da união de estudiosos da medicina e da engenharia: a invenção de um robô fisioterapeuta!

 

Leia também:

Clubes e sociedades: o que são e como enriquecem a vida de quem estuda no exterior?

Representante e ex-aluno dão dicas sobre estudar na Universidade de Warwick, no Reino Unido

Study in the UK

GRATUITO

eBook 'Estudar no Reino Unido'

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar no Reino Unido em um só livro digital.

Baixe seu eBook

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Reino Unido
Graduação
SOBRE O AUTOR

University of Leeds se destaca pela qualidade do suporte ao estudante, diz ex-alunas brasileiras

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.