Essenciais
Reino Unido: Últimas notícias

Covid-19: orientações atuais para estudar no Reino Unido

Leia as novas atualizações e orientações sobre os procedimentos de segurança contra o coronavírus para quem vai estudar no Reino Unido.

Atualizações sobre Covid-19 para estudar no Reino Unido

Estudar no exterior sempre exigiu pesquisa e preparação. No entanto, desde o início da pandemia da Covid-19, isso se tornou extremamente crítico. Os governos do mundo inteiro estão atualizam as suas políticas, procedimentos e diretrizes com regularidade de acordo com as necessidades do momento. O Reino Unido não é exceção.

 

Recentemente, o governo britânico anunciou mudanças importantes nas regras e regulamentos da Covid-19 que afetarão os estudantes internacionais. Mas não se preocupe, porque a seguir nós reunimos todas as informações e atualizações mais recentes sobre como estudar no Reino Unido.

 

Estudar no Reino Unido

 

Ainda há restrições para o retorno de estudantes internacionais?

 

Sim, ainda há restrições. Os estudantes internacionais com um visto de estudante Tier-4 viajando para o Reino Unido para estudar estão sujeitos às restrições de fronteira, quarentena obrigatória e pacote de testes.

 

No entanto, as restrições se aplicam de forma diferente de acordo com o seu país de origem, com um sistema de “semáforos” em vigor, que avalia o nível de risco de acordo com três categorias:

 

Restrições contra Covid-19 para entrar no Reino Unido

 

Quais são os requisitos de cada categoria?

 

Como um estudante internacional viajando para o Reino Unido, você precisará cumprir os seguintes requisitos, de acordo com a lista em que o seu país estiver classificado:

 

Regras contra Covid-19 para entrar no Reino Unido

 

*O teste PCR ocorre previamente ou no segundo dia de quarentena, com teste adicional no oitavo dia para viajantes dos países da lista âmbar e vermelha. A quarentena obrigatória dura dez dias.

 

Em qual lista o Brasil está classificado?

 

Até o momento, o Brasil está na lista vermelha do semáforo, considerado de alto risco.

 

O que acontece se você viajar por um país da lista vermelha?

 

Se você partir de ou viajou por um país da lista vermelha a caminho do Reino Unido como estudante internacional com um visto Tier-4, você deve ficar em quarentena em uma instalação administrada pelo governo por dez dias. Isso se aplica a qualquer viagem por um país da lista vermelha nos dez dias anteriores à sua chegada ao Reino Unido.

 

O esquema "Test to Release" (na planilha acima, aparece como “Teste para reduzir a quarentena), que permite que você saia da quarentena mais cedo se tiver um resultado negativo no teste PCR, não se aplica no caso de viagens através ou a partir de um país da lista vermelha.

 

A quarentena gerenciada pelo governo precisa ser reservada 14 dias antes da sua viagem e você deve sempre manter-se em contato com sua universidade antes da partida para ela saber a data da sua viagem, onde você ficará hospedado durante a quarentena etc.

 

E quanto às viagens por um país da lista âmbar?

 

Se você tiver viajado por um país da lista âmbar a caminho do Reino Unido, também precisará ficar em quarentena por dez dias. A quarentena deve ser na acomodação que você organizou ou na acomodação fornecida pela sua universidade.

 

Você deve ir diretamente para sua acomodação assim que chegar ao Reino Unido e preencher um formulário de localização de viajantes (passenger locator form).

 

Os estudantes internacionais que viajam de ou através de países da lista âmbar também precisam apresentar prova de um teste negativo feito no máximo 72 horas antes da partida para o Reino Unido. Você precisará reservar um pacote de teste de viagem para que possa fornecer os resultados no segundo e oitavo dia da sua quarentena.

 

O esquema "Test to Release" (na planilha acima, aparece como “Teste para reduzir a quarentena) fica disponível após cinco dias de isolamento com a realização de um teste com um provedor privado, desde que o resultado seja negativo.

 

Quem arca com os custos da quarentena e dos testes?

 

O custo de quarentena obrigatória e dos teste é responsabilidade de cada estudante. O valor da estadia em uma das instalações do governo britânico é de £ 1.750, enquanto um pacote de teste de viagem custará cerca de £ 200. Considerando a desvalorização do real, só a quarentena obrigatória nos primeiros dias no Reino Unido chega a mais de R$ 12.000.

 

Por isso, algumas universidades adotaram políticas para reembolsar parcial ou totalmente esses custos dos estudantes internacionais ao viajar para o Reino Unido para estudar enquanto as regras de segurança contra a Covid-19 permanecerem em vigor.

 

A Royal Holloway, University of London, por exemplo, foi uma das instituições que anunciou recentemente que vai cobrir até £ 1.500 de custos de quarentena e £ 150 para testes dos seus alunos estrangeiros.

 

Temos um artigo sobre isso, leia aqui: Universidades do Reino Unido ajudam alunos com custos da quarentena.

 

Antes de viajar, verifique diretamente com a sua universidade britânica para checar a possibilidade de reembolso.

 

Como está questão dos vistos de estudante para o Reino Unido?

 

O governo do Reino Unido fez concessões para que estudantes internacionais estudassem remotamente sem um visto de estudante. Quem já tem um visto de estudante Tier-4 pode continuar a estudar online até 6 de abril de 2022 sem nenhuma alteração no visto. A intenção é dar aos alunos mais flexibilidade para viajar para o Reino Unido.

 

As regras do visto foram estendidas para estudantes internacionais, para que possam ter acesso ao visto de trabalho após os estudos no Reino Unido, chamado de post-study work visa (PSW visa).

 

Se o seu curso de graduação incluiu o ano acadêmico 2020/2021 e você se qualificou para um visto de estudante, você pode entrar no país antes de 27 de setembro de 2021 para atender aos requisitos do PSW visa. Se você iniciar um curso com duração de 12 meses ou menos a partir de setembro de 2021, deverá apresentar-se no Reino Unido até 6 de abril de 2022 para atender aos critérios do PSW visa.

 

Saiba mais sobre o PSW visa aqui: Visto de trabalho após estudos do Reino Unido.

 

Posso ser vacinado contra a Covid-19 no Reino Unido?

 

Como estudante internacional, você receberá uma vacina contra Covid-19 gratuitamente no Reino Unido. Isso se aplica independentemente da sua nacionalidade e do país de onde você viajou. Se já recebeu uma dose de uma vacina antes de chegar ao Reino Unido, o governo fará o possível para lhe dar uma segunda dose da mesma vacina no Reino Unido.

 

 

É recomendável que você se registre em um consultório médico local quando chegar, para que possa agendar uma data para a sua vacinação.

 

O que acontecerá quando eu chegar no campus?

 

A orientação do governo para todos os provedores de ensino superior no Reino Unido é criar o ambiente mais seguro e protegido possível para alunos e funcionários. Você precisará seguir todos os procedimentos e regulamentos em vigor descritos pela sua universidade.

 

As regras podem incluir, mas não se limitam a asymptomatic lateral flow test (em tradução livre, Teste de Fluxo Lateral em pessoas assintomáticas), distanciamento social, protocolos de limpeza, autoisolamento e aprendizado online quando necessário.

 

Verifique com a sua universidade britânica quais são regras implementadas no campus.

 

Quais orientações mudarão no Reino Unido a partir de 19 de julho?

 

A partir de 19 de julho de 2022, o governo do Reino Unido anunciou que certas regras e restrições serão suspensas. O que isto significa? Depende de onde você for estudar:

 

1. Inglaterra

 

  • Não haverá mais limites no número de pessoas que podem se encontrar;
  • As regras de distanciamento social foram relaxadas (exceto em certas circunstâncias, como hospitais e controle de fronteiras);
  • A máscara não é mais uma exigência legal, mas é incentivada, especialmente em ambientes lotados e em transportes públicos;
  • Eventos esportivos, concertos e outros eventos estão liberados;
  • Restaurantes, bares e cinemas totalmente abertos;
  • Instalações e campi universitários totalmente abertos;
  • O governo incentiva reuniões ao ar livre.

 

2. Escócia

 

  • Oito pessoas de quatro famílias diferentes podem se encontrar;
  • 15 pessoas de 15 famílias podem se reunir ao ar livre;
  • Eventos limitados a no máximo 2.000 pessoas ao ar livre e 400 em ambientes fechados;
  • Detalhes a serem fornecidos em bares e restaurantes; frequentadores devem usar máscaras;
  • O distanciamento social permanece;
  • O uso de máscaras continua obrigatório;
  • O trabalho permanece remoto;
  • Os campi universitários terão acesso limitado até 9 de agosto.

 

3. País de Gales

 

  • Até seis pessoas podem se reunir dentro de casa;
  • Eventos internos permitidos com até 1.000 pessoas sentadas e 200 em pé;
  • Sem limites para reuniões ao ar livre;
  • O uso da máscara permanece obrigatório (exceto em alguns ambientes internos, como pubs e restaurantes);
  • Regras e regulamentos a serem reavaliados em 7 de agosto de 2021.

 

Altamente, o recomendável é que você visite os sites do governo do Reino Unido regularmente para obter atualizações e informações sobre as políticas em relação à Covid-19 porque, como podem perceber, elas mudam de tempo em tempo.

 

Além disso, sempre mantenha contato direto com a sua universidade e certifique-se de ter tomado todas as medidas necessárias antes de viajar para evitar qualquer problema.

 

Covid-19: orientações atuais para estudar no Reino Unido

 

Leia também:

Study in the UK

GRATUITO

eBook 'Estudar no Reino Unido'

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar no Reino Unido em um só livro digital.

Baixe seu eBook
CURSO PERFEITO
Quer saber qual curso é melhor para você?
Descubra com a nossa nova ferramenta "Selecionador de curso"!
COMEÇAR SUA BUSCA