Essenciais
Reino Unido: Financiamento Estudantil

Chevening: Como Marina conseguiu admissão na bolsa de estudo

Marina fará um mestrado no Reino Unido com a bolsa de estudo Chevening; ela compartilha os fatores que a levaram ser admitida em três universidades diferentes.

Chevening: Como Marina conseguiu admissão na bolsa de estudo
345

Marina Brini, 29, foi admitida em três mestrados no Reino Unido e conseguiu uma bolsa de estudo integral pelo programa Chevening. Formada em Relações Internacionais pela PUC Minas, ela se prepara para se mudar de país e estudar Políticas de Desenvolvimento na Universidade de Birmingham.

 

Marina conversou com o Hotcourses Brasil sobre o processo de preparo e inscrição tanto nos mestrados quanto na Chevening Scholarship e os fatores que a levaram conseguir a admissão incondicional em três universidades britânicas diferentes.

 

Estudar no Reino Unido

 

Você já teve alguma experiência de estudo no exterior antes de se inscrever no mestrado do Reino Unido? Como foi?

 

Tive duas experiências de work and travel (Disney Program). O mestrado no Reino Unido será minha primeira experiência de estudo no exterior.

 

Como soube da bolsa Chevening?

 

Soube através de uma amiga, que tentou o Chevening em 2017. Primeiro decidi que queria fazer o mestrado no exterior e, consequentemente, soube que precisaria de uma bolsa integral, pois não teria condições de custear meus estudos com meus próprios recursos.

 

Apliquei primeiro para o Chevening, e em seguida para os mestrados no Reino Unido. Como o processo do Chevening é longo, soube primeiro da aprovação nos mestrados do que na bolsa. Mas só tive certeza que iria para o mestrado depois que fui aprovada no Chevening, pois, como disse, não teria podido arcar sozinha com os custos do curso.

 

Quais foram as suas razões para escolher o Reino Unido como destino de estudo?

 

Além dos motivos óbvios, como a qualidade das universidades britânicas, tanto no ensino quanto na pesquisa, algumas outras razões me atraíram de forma mais pessoal. O Reino Unido é referência mundial em internacionalização científica, e, sendo minha área de atuação profissional diretamente relacionada a essa temática, tenho forte interesse em aprender com a experiência deles para aplicá-la no Brasil.

 

A bolsa Chevening, particularmente, me trará também a oportunidade de cooperar diretamente para o fortalecimento das relações Brasil-Reino Unido, o que é um grande privilégio.

 

Em quais cursos se inscreveu? Como foi o processo de inscrição? Conseguiu admissão na sua opção principal?

 

Eu me inscrevi na University of Birmingham (Development Policy and Politics), University of Glasgow (Public Policy and Management) e University of York (Public Administration and Public Policy).

 

O processo de inscrição para os mestrados foi menos intenso que o do Chevening, mas ainda assim exigiu bastante dedicação. Precisei submeter documentos traduzidos para o inglês (como diploma, histórico da graduação e currículo), além de uma "statement letter" e cartas de referência em cada uma das applications. No caso de York, precisei apresentar também um trabalho acadêmico em inglês.

 

Felizmente recebi o aceite incondicional das três universidades, inclusive da minha primeira opção, que foi a Universidade de Birmingham. 

 

Como foi o acompanhamento feito pelo LoveUK?

 

Os consultores do LoveUK me ajudaram na candidatura para as universidades. Eles me mandaram um modelo de statement letter que me ajudou muito a elaborar a minha própria carta. Depois foram super solícitos em dar uma olhada e verificar se estava tudo ok. Submeti minhas applications com muita tranquilidade, e, como disse antes, acabei conseguindo uma oferta incondicional em todas as minhas três opções.

 

Com quanta antecedência até o prazo final você deu início ao seu processo? Achou suficiente para fazer tudo com calma?

 

Comecei a me dedicar ao Chevening logo que as inscrições abriram, pesquisando os cursos de mestrado e universidades, o que levou cerca de três semanas. Depois comecei a esboçar minhas essays, o que concluí com aproximadamente um mês. Consegui finalizar minha application duas semanas antes do encerramento das inscrições.

 

As inscrições do Chevening ficam abertas durante três meses, o que é tempo suficiente para que todos tenham tempo de providenciar tudo com calma. Usei quase todo o tempo que eles disponibilizaram, o que foi ótimo para que eu pudesse me organizar e essencial para a minha aprovação.

 

Quais documentos precisou providenciar para a inscrição na bolsa Chevening? Qual parte do processo teve mais dificuldade e como conseguiu resolvê-la?

 

Para o Chevening, além do preenchimento do formulário online, enviei meu diploma, histórico da graduação e passaporte. Mais adiante, precisei submeter também duas cartas de recomendação e o certificado de proficiência em inglês. O Chevening não exige que os documentos sejam traduzidos, mas, como teria que traduzir de qualquer forma para aplicar para as universidades, optei por enviar os documentos traduzidos também para o Chevening.

 

Todo o processo do Chevening é bastante desafiador. Diria que tanto a construção das essays quanto a preparação para a entrevista foram bastante difíceis. Consegui superar as duas etapas me planejando, para conseguir intercalar momentos de dedicação com momentos de descanso.

 

Respirar fundo e acreditar no próprio potencial é o segredo. 

 

E os preparativos para mudança?

 

bolsa de estudo Chevening para Reino Unido - Marina Brini

 

Estou me preparando para chegar no Reino Unido em tempo de me ambientar um pouco antes das atividades na universidade. Graças a Deus, os preparativos estão indo super bem. Já consegui o visto e encontrei acomodação. Agora, além de algumas poucas últimas providências a tomar no Brasil, falta só arrumar as malas e partir.

 

Qual será o seu mestrado (universidade e área de estudo)? Quais foram as razões para escolher este curso?

 

Vou estudar o MSc Development Policy and Politics na Universidade de Birmingham. Birmingham oferece uma grade curricular forte e completa em políticas de desenvolvimento, compatibilizando-se perfeitamente com meus objetivos de carreira de curto, médio e longo prazo. Além disso, é uma universidade altamente internacionalizada, o que vai me permitir viver de forma prática os benefícios da internacionalização no ensino superior (temática diretamente relacionada à minha área de atuação profissional).

 

Quais são os seus planos futuros, quando o mestrado terminar, e de que maneira você acredita que o mestrado no Reino Unido te ajudará a atingi-los?

 

Imediatamente após o término do mestrado, pretendo retornar para o cargo que ocupo no governo de Minas Gerais e contribuir para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do estado por meio do processo de internacionalização das suas Instituições de Ensino Superior.

 

No médio e longo prazo, desejo continuar trabalhando em prol do desenvolvimento nacional por meio da cooperação internacional, na Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), respectivamente.

 

O mestrado no UK enriquecerá muito os meus conhecimentos na temática de desenvolvimento, além de aprimorar minha capacidade de interpretação, análise e argumentação, o que será indispensável para almejar cargos nas organizações de renome onde desejo trabalhar.

 

Além disso, a rede Chevening me colocará em contato com profissionais influentes de todo o mundo, e ter um bom networking é fundamental para abrir portas e construir uma carreira profissional de sucesso.

 

Leia também:

Mestranda do Chevening explica processo para bolsa de estudo

O Clearing dá uma segunda chance de ser admitido no Reino Unido

Como se preparar para o ensino superior no Reino Unido

Representante e ex-aluno dão dicas sobre estudar na Universidade de Warwick

Study in the UK

GRATUITO

eBook 'Estudar no Reino Unido'

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar no Reino Unido em um só livro digital.

Baixe seu eBook

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Reino Unido
Pós-graduação
SOBRE O AUTOR

Chevening: Como Marina conseguiu admissão na bolsa de estudo

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.