Essenciais
Estados Unidos: Acomodação

As acomodações estudantis nos Estados Unidos

Os diferentes tipos de acomodação para estudantes internacionais nos Estados Unidos: Halls residenciais, dormitórios acadêmicos, aluguel particular, apartamentos compartilhados, etc.

Acomodações para estudantes nos EUA
29098

Apesar de morar em uma universidade americana ser uma experiência cultural inigualável e bastante valorizada pelo ensino superior do país, esta não é nem de longe a sua única opção de acomodação estudantil nos Estados Unidos. Provavelmente, você tem uma imagem criada sobre a vida universitária em um campus americano baseada em comédias hollywoodianas. Algumas coisas são reais, outras são grandes exageros.

 

Para entender melhor o que esperar quando decidir-se estudar nos Estados Unidos, deixe-nos explicar mais sobre principais opções de acomodações estudantis disponíveis a seguir.

via GIPHY

 

 

 

Você pode sempre tirar as suas dúvidas em relação à acomodação e receber ajuda para escolher a uma moraria estudantil segura diretamente das universidades americanas, que costumam oferecer serviços de orientação deste tipo. Para isso, utilize o botão "Contate universidade" ou "Mais informações no perfil da instituição no Hotcourses Brasil e envie uma mensagem com as suas dúvidas, como mostra o vídeo abaixo.

 

 

via GIPHY

 

ON-CAMPUS – Acomodações dentro do campus

 

Para estudantes de graduações em universidades americanas, morar dentro do campus é, sem dúvida, uma parte essencial da experiência estudantil no país. As instituições aconselham que os estudantes internacionais considerem seriamente esta opção de acomodação. Algumas inclusive exigem que novos estudantes (os freshmen) morem no campus pelo menos durante o primeiro ano de estudos.

 

Estas acomodações são dormitórios em residence halls – halls residenciais – dentro do próprio campus, que tipicamente acomodam dois estudantes por quarto. Há até um nome em inglês para duas pessoas que compartilham o mesmo dormitório/casa: roommate.

 

Tipos de acomodações

 

Moradia estudantil

 

Algumas universidades fornecem cozinhas comunais, para que os estudantes possam preparar suas próprias refeições. Este tipo de pacote é chamado de self-catered e dá acesso à geladeira, fogão, micro-ondas e outros utensílios de cozinha. Outras oferecem os planos de refeições catered para que o estudante faça suas refeições nos refeitórios da universidade.

 

Os valores do aluguel variam imensamente dependendo da localização e do tipo dos residenciais – você pode encontrar listas detalhadas dos custos nos sites oficiais das instituições. A Universidade da Pensilvânia, por exemplo, cobra US$ 10.200/ano (referente ao ano letivo de 2018-2019), por um quarto em qualquer um de seus residenciais. Já um dormitório duplo com um banheiro compartilhado na Universidade do Texas em Austin custa US$ 11.250 por nove meses no mesmo ano letivo.

 

A maioria das universidades tem um processo de inscrição para acomodações no campus que é feito durante a admissão na instituição. Os estudantes devem informar em qual hall ou house eles têm preferência em morar. Cada hall ou casa tem um nome, características e perfis diferentes. Alguns halls, por exemplo, têm uma sala comunal em cada andar, que os estudantes podem usar para estudar; outros têm apenas uma recepção e uma sala de leitura no térreo. Os detalhes e os valores de cada acomodação no campus devem ser verificados diretamente com a instituição.

 

Algumas universidades americanas oferecem casas temáticas e comunidades de “vida e aprendizado”, chamadas em inglês de Living Learning Communities. Os estudantes podem optar por morar com pessoas que compartilham de um mesmo interesse, como trabalhos comunitários ou teatro, por exemplo, ou que estejam matriculadas na mesma área de estudo, como engenharia ou artes midiáticas.

 

Segurança no campus

 

Normalmente, as universidades americanas possuem uma secretaria especializada em ajudar estudantes internacionais a encontrar um lugar para morar nos Estados Unidos. Além disso, cada seção ou andar dos halls costuma ter um resident assistant (RA ou assistente residente), que é um estudante do segundo ou terceiro ano designado a dar suporte e supervisionar as acomodações. Estes assistentes são funcionários da secretaria de moradia no campus e recebem um pequeno salário pela função exercida. Além da supervisão do hall, os resident assistants também são responsáveis pela organização de eventos sociais e reuniões dos estudantes residentes.

 

Algumas universidades americanas exigem que estudantes internacionais morem no campus durante o primeiro ano da graduação. Para isso, a inscrição para a acomodação deve ser enviada juntamente com a inscrição no processo seletivo. Com todos os papéis preenchidos, documentos enviados e pagamento efetivado, os acertos em relação à acomodação serão feitos antes mesmo de o estudante viajar para os Estados Unidos.

 

Prós e contras da acomodação estudantil dentro do campus:

 

Prós:

  • É a acomodação que mais proporciona oportunidades para fazer amizades com outros estudantes da mesma universidade e sentir-se parte da comunidade acadêmica;
  • Por estar rodeado de outros estudantes, esta opção te ajudar a passar uma adaptação mais tranquila ao novo ambiente;
  • Participar das atividades sociais e culturais realizadas no campus;
  • Se necessário, você estará a apenas poucos passos de qualquer tipo de suporte extra oferecido pela universidade para qualquer questão, desde atendimento médico ao aconselhamento sobre os seus estudos;
  • A maioria dos prédios deste tipo foi construída especificamente para acomodar os estudantes, por isso atende a todas as suas necessidades;
  • Geralmente, você tem liberdade de escolher o seu tipo de alimentação: incluir a alimentação no pacote da acomodação para fazer suas refeições nos refeitórios da universidade ou ter acesso a uma cozinha para preparar suas próprias refeições;
  • Ter acesso a outras instalações e serviços dentro do valor pago à instituição, como wi-fi, limpeza de quarto regular, salas de lazer e salas de estudo comunais.

 

Contras:

  • Você não pode escolher com quem morar: é a universidade que seleciona o seu roommate;
  • Não há garantia de que você conseguirá uma vaga na sua acomodação de preferência, nem de que conseguirá um quarto particular, por isso precisa fazer a sua solicitação com antecedência;
  • Morar em um lugar com uma grande concentração de jovens estudantes pode significar ter de conviver com barulho e bagunça de vez em quando.

 

Vocabulário:

Freshmen: calouros, estudantes do primeiro ano de graduações nos Estados Unidos;

Roommate: colega de quarto, a pessoa que vai dividir o dormitório universitário com você;

Residence hall: os prédios típicos de dormitórios acadêmicos, com banheiros compartilhados, cozinha, salas de estudo, lavanderia, entre outras instalações para o uso dos estudantes.

Catered: o tipo de acomodação universitária que já inclui um plano de alimentação nos refeitórios do campus;

Self-catered: o estudante tem acesso a uma cozinha, geralmente comunitária, para preparar suas próprias refeições.

Living Learning Communities: comunidades residenciais no campus onde estudantes com interesses similares moram juntos e participam de atividades e programas que estimulam suas habilidades acadêmicas, sociais e pessoais.

Resident assistant: estudante do segundo ou terceiro ano que mora no local para prestar assistência aos residentes, atender às suas necessidades e organizar eventos e atividades no hall.

 

OFF-CAMPUS – Acomodações fora do campus

 

Apartamento compartilhado

 

Normalmente, são três tipos principais de acomodações localizadas fora do campus.

 

1. Acomodações gerenciadas pela universidade

 

As universidades americanas também oferecem acomodações fora do ambiente acadêmico, que são mais comuns entre estudantes de pós-graduação, estudantes que viajam com família e estudantes a partir do segundo ano de uma graduação.

 

É também uma opção mais encontrara em universidades localizadas no centro de grandes cidades, por ser mais barata do que morar dentro do campus. Normalmente, são casas ou apartamentos compartilhados, e o valor do aluguel é pago à universidade ou diretamente a um proprietário particular que trabalha em parceria com a instituição.

 

O custo deste tipo de moradia estudantil também varia de acordo com a localização e do imóvel. Por exemplo: o aluguel mensal de um quarto próximo à Universidade da Flórida, é US$ 484 (incluindo as contas de utilidades, como água, energia e internet); já na Washington State University, o aluguel de acomodações fora do campus varia entre US$ 75 e US$ 800 mensais.

 

Várias universidades oferecem suporte ao estudante durante a procura por uma acomodação segura fora do campus. A Pennsylvania State University, por exemplo, até organiza uma feira anual de moradia, na qual os estudantes entram em contato com proprietários locais e agências imobiliárias, enquanto a American University, em Washington, D.C., fornece um serviço de consultoria individual para quem precisar de orientação sobre o assunto.

 

Uma acomodação fora das propriedades da universidade, geralmente, tem mais espaço para o estudante e permite uma experiência mais independente. Sem um assistente supervisor e morando sozinho com outros estudantes, a acomodação off-campus é indicada para estudantes mais velhos.

 

Pelos sites a seguir, você pode procurar por acomodações e também por pessoas interessadas em compartilhar o aluguel de uma casa/apartamento:

 

 

2. Alugueis particulares

 

Os estudantes também têm a opção de alugar uma propriedade particular durante a estadia nos Estados Unidos. No entanto, é importante lembrar que nem todas as universidades estão localizadas no centro de cidades ou próximas a ele, por isso, em alguns casos as opções são limitadas. Tudo vai depender da região onde sua instituição americana estiver localizada.

 

Estudantes de universidades em áreas do governo ou de um mercado imobiliário terão que atender aos requisitos de aluguel estipulados pelo estado ou pela agência. De forma bastante geral, o custo médio de aluguel de um apartamento pequeno nos Estados Unidos, incluindo os gastos com contas mensais, começa a aproximadamente US$ 160 por mês, mas pode chegar a muito mais do que isso. Cidades com poucos imóveis vagos costumam ter valores mais altos de aluguel – em Minneapolis, por exemplo, no estado de Minnesota, a média mensal de aluguel chega a US$ 965.

 

Além da localização, o seu orçamento também será um dos fatores principais na hora de escolher uma acomodação particular nos Estados Unidos. Os estudantes que optam pelo aluguel de uma propriedade privada nem sempre conseguem acertar todos os detalhes antes de chegar ao país. Por isso, é muito importante que você pesquise bastante antes de viajar para os EUA e tenha um lugar para ficar nos primeiros dias antes de fechar o contrato de aluguel.

 

Sua instituição será sempre a melhor fonte de informações. Ela pode ajudá-lo a entrar em contato com proprietários particulares de confiança na região do campus. Estes locadores são analisados pela instituição e deixarão de constar na lista de contatos se outros estudantes não tiverem boas experiências com o aluguel de suas acomodações. Quando você aluga um imóvel com a colaboração de sua universidade americana, ela não só protegerá os seus interesses com o proprietário, como também poderá fornecer serviços adicionais, entre eles, suporte e orientações.

 

Prós e contras de casa ou apartamento compartilhado:

 

Prós:

  • Independência: neste tipo de acomodação você tem liberdade de ir e vir a qualquer hora e também de escolher com quem morar;
  • Flexibilidade de escolher o imóvel que preferir, com quantas pessoas morar, ter um quarto só para você, a localização da casa na cidade, etc.

 

Contras:

  • Morar longe do campus e precisar gastar tempo e dinheiro todos os dias para ir até à universidade;
  • Você será encarregado de pagar pelas suas próprias contas mensais, como água e internet, que normalmente já estão inclusas no pacote da acomodação gerenciada pela universidade;
  • Lidar diretamente com o proprietário, ler cuidadosamente o contrato de aluguel antes de fechar qualquer negócios e manter o local em ordem;
  • A limpeza será responsabilidade sua e de seus colegas de casa, assim como a compra e divisão das despesas com materiais de limpeza e outros produtos diários.

 

3. Homestay

 

Homestay

 

Há também a opção de morar na casa de uma família nativa, chamada de host family. Esta acomodação é mais comum para estadias mais curtas ou para quem gostaria de viver em uma casa familiar. Geralmente, há duas formas de homestay: uma família recebe vários estudantes na casa, quase como em uma pensão; ou você ser o único estudante recebido pela família.

 

A homestay pode ou não incluir um plano de alimentação com até três refeições diárias (café da manhã, almoço e janta). O seu quarto deve ser individual, no entanto, nem sempre há garantia de que você terá acesso a um banheiro particular.

 

Dependendo da sua host family, é bem possível que te convidem a participar de atividades e passeios em família, assim você terá uma experiência genuína de fazer parte de uma comunidade nativa.

 

Leia sobre homestay aqui.

 

Prós e contras da homestay:

 

Prós:

  • Morar em um ambiente mais familiar;
  • Se o pacote da homestay incluir alimentação, as chances de você comer comida caseira, preparada com carinho, são maiores do que nas demais acomodações;
  • Treinar diariamente o idioma como moradores locais;
  • Conviver com uma família nativa e aprender sobre os costumes e a cultura do país;
  • Criar uma relação tão próxima com a sua host family e passar a ser considerado um membro da família.

 

Contras:

  • Pouca liberdade de ir e vir – algumas famílias inclusive estipulam um curfew (uma hora certa para estar em casa à noite);
  • Demorar para se sentir à vontade por estar morando na casa de outra família;
  • Precisar compartilhar o banheiro com a família;
  • A homestay pode estar localizada longe do campus.

 

Dicas extras para encontrar a sua acomodação nos Estados Unidos

 

Quando for pesquisar as opções de acomodações no site da sua universidade, procure pelo nome de outros estudantes ou de assistentes residentes com quem você possa conversar e tirar dúvidas, ou então visite fóruns online da instituição. Não tenha receio de fazer perguntas, a equipe responsável pelas acomodações universitárias também está interessada em encontrar um lugar confortável e seguro para você morar, porque a sua acomodação no exterior pode influenciar imensamente o seu desempenho acadêmico.

 

Se você estiver planejando morar no campus, anote o nome dos halls de sua instituição e faça uma pesquisa na internet. Você se surpreenderá com o tanto de informação útil que encontrará: fóruns, fotos e avaliações, e até mesmo posts em redes sociais de atuais residentes. Nada melhor do que ler a opinião de primeira mão de quem vive no campus. Se a sua pesquisa não resultar em nada interessante ou produtivo, é possível que isso seja um sinal: talvez a sensação de comunidade no residencial universitário não é tão forte.

 

3 acomodações universitárias mais legais dos Estados Unidos

 

O site Uniplaces fez uma lista das 15 acomodações universitárias mais legais do mundo. As universidades a seguir foram as únicas três americanas à entrar para o ranking:

 

1. Simmons Hall – MIT (Cambridge)

 

Simmons Hall, MIT

Imagem: Uniplaces

 

A arquitetura peculiar do prédio já o destaca dentre os demais. Além disso, esse residencial tem até uma piscina de bolinhas e campo de hóquei.

 

2. Willow Street Residence Hall – Tulane University (New Orleans)

 

Willow Street acomodação estudantil

Imagem: https://housing.tulane.edu/content/willow-residences-and-townhomes

 

Este residencial acomoda até 318 estudantes em quarto prédios separados. Ele foi construído na antiga região do Sugar Bown Stadium, evento anual de futebol americano, com o intuito de trazer de volta o espírito universitário à área. Sem contar que a sua localização oferece diversas opções de jazz ao vivo, bem características de New Orleans.

 

3. Taliesin Shelters – School of Architecture at Taliesin (Scottsdale)

 

Imagem: Frank Lloyd Wright Foundation

 

A Escola de Arquitetura em Taliesin (antigamente chamada de Frank Lloyd Wright’s School of Architecture) oferece a oportunidade aos estudantes de arquitetura de construir suas próprias cabanas no deserto de Taliesin West, moldando o seu próprio estilo de vida e a qualidade do espaço onde morarão e tornando-se usuários de seus próprios projetos.

 

Leia mais:

O processo seletivo nos Estados Unidos

O ensino superior nos Estados Unidos

Homestay: eu morei com uma família americana

Qual é a melhor acomodação estudantil para você?

O que é fraternidade?

 

Study in the USA

Gratuito

eBook ‘Estudar nos Estados Unidos’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar nos Estados Unidos em um só livro digital.

Baixe seu eBook

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Estados Unidos
Graduação
SOBRE O AUTOR

Acomodações para estudantes nos EUA

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.