Essenciais
Estados Unidos: Destino de Estudo

Entrevista: Associate Degree no norte da Califórnia

Depois de um intercâmbio de au pair, Rebeca voltou para a Califórnia, Estados Unidos, para fazer um certificado de Business na Diablo Valley College.

Brasileira cursa universidade da Califórnia, Estados Unidos

Rebeca Tabachini, 28 anos, começou a sua jornada nos Estados Unidos como au pair entre 2015 e 2017. Depois do intercâmbio, ela decidiu que queria voltar como estudante. Aí conseguiu a admissão no curso de Business da Diablo Valley College, parte do grupo Colleges of Contra Costa, no norte da Califórnia.

 

Califórnia

 

Quando ela estava fazendo a sua experiência profissional pelo programa OPT, em 2020, veia a pandemia. A paulista voltou para os estudos – agora cursa um associate degree de Comunicação e trabalha nos EUA para uma empresa de reforma de casas. No futuro, quando acabar o curso na Diablo Valley College, pretende se transferir e continuar os estudos acadêmicos em uma universidade da Califórnia.

 

Leia a entrevista com a Rebeca a seguir!

 

Estudar na Califórnia: Colleges of Contra Costa

 

Como você escolheu a Diablo Valley College nos Estados Unidos?

 

Em 2015, eu fui au pair aqui nos Estados Unidos, eu fiz um outro programa de intercâmbio. Eu fiquei aqui dois anos, de 2015 a 2017. Na época, eu fiz um curso de inglês na Diablo Valley College e eu também passei pelo campus algumas vezes.

 

O campus é maravilhoso e o norte da Califórnia é uma área que eu amo e gosto de viver. Então quando eu voltei para o Brasil depois do programa de au pair, eu fiquei com isso na cabeça, que eu queria voltar para cá como estudante. Daí, como eu já conhecia a escola, conhecia o campus e queria ficar aqui na área, eu optei pela Diablo Valley College.

 

Como foi o curso de inglês que você fez na DVC durante o seu período como au pair?

 

Dentro do programa de au pair, a gente tinha que cumprir uns créditos de estudo e eu fiz algumas aulas na DVC. Não foram todos os créditos que eu precisava, porque eu já falava inglês, então eu só fiz algumas aulas mesmo durante a época de au pair. Porque a DVC estava inclusa nas opções de escola.

 

E depois, como foi o processo de inscrição para você voltar para a Califórnia com visto de estudante?

 

Bom, a parte do inglês para mim foi tranquila porque eu já tinha feito um intercâmbio aqui antes. Eu já falava inglês fluente.

 

Eu fiz todo o processo sozinha, mas foi mais a questão de a gente ter de vir para cá até 30 dias antes do começo das aulas. Então foi ver o semestre que eu queria começar, me planejar financeiramente, pegar toda a documentação. Foi isso que deu um pouco mais de trabalho. Mas o processo em si foi tranquilo.

 

Qual curso da Diablo Valley College você escolheu?

 

Quando eu voltei para cá, eu vim para fazer um curso de Business e a minha ideia foi estudar um ano e fazer o OPT – Optional Practical Training – para depois que a gente se forma para trabalhar aqui.

 

Leia também: Regras para estudar e trabalhar nos Estados Unido – O que é OPT?

 

Então eu fiz esse curso, um Certificate in Business, de um ano. Eu fiz em um ano, um ano e meio. E me apliquei para trabalhar e fui contratada por uma empresa de turismo em 2020. Só que com a pandemia eu tive o meu OPT afetado e tive que voltar para a escola.

 

Agora, atualmente, eu estou fazendo um degree de Communication Studies, que é como se fosse Jornalismo no Brasil, equivalente.

 

O curso de Comunicação é um bacharelado ou de certificado?

 

Agora eu estou fazendo um associate, que eu vou transferir para a universidade no futuro para aplicar para um novo OPT. Essa é a minha ideia agora.

 

Leia também: Faculdade de dois anos – O que é associate degree?

 

A Diablo Valley tem parcerias de transferências com universidades da Califórnia. Você pretende se transferir para uma delas?

 

Sim, tem a San Francisco State University, que é uma que estou planejando. Mas como ainda tenho uns anos antes de me transferir, acho que ainda tenho uns dois semestres, eu não estou 100% focada na transferência agora.

 

Mas é isso mesmo. A gente tem a transferência direta, elimina vários requisitos na DVC antes de ir para a universidade, o que ajuda muito. Então esse é meu plano.

 

Como funciona o associate degree na sua College?

 

Em questão da rotina, agora está diferente por causa da pandemia, as aulas ainda estão online. Semestre passado e o retrasado as aulas foram 100% online, não tinha a opção de ir ao campus. Esse semestre agora que vai começar em agosto, nós temos a opção de ir ao campus, mas também temos a opção de fazer online ainda. Eu estou optando por fazer online pela questão da flexibilidade de estudar a hora que eu quero.

 

E a questão da grade das aulas, é o que eu mais gosto de estudar nos Estados Unidos, porque aqui não é igual ao Brasil, que a gente tem a grade de aulas engessada, né? A gente não tem a opção de escolher. Aqui nos Estados Unidos, tem que fazer umas aulas de humanities, por exemplo, que seria as de humanas. Então a gente tem uma lista de aulas para escolher, Francês, Fotografia, UmansEstudos da História da Mulher. Todas essas coisas.

 

Daí tem também as aulas de exatas. Você pode fazer Estatística, Business, Álgebra. Você monta a sua grade de acordo com as suas preferências. E eu sempre faço as aulas que são necessárias para o meu degree, mas eu também sempre pego todo semestre uma ou duas aulas por prazer próprio, que eu gosto, para também não ficar só estudando e poder fazer alguma coisa que eu goste.

 

Como é a região do norte da Califórnia?

 

Bom, para mim, sou suspeita para falar. É o meu lugar preferido dos Estados Unidos. O que mais gosto daqui do norte da Califórnia é que a gente está perto de San Francisco, então se eu dirigir uma hora, eu vou para a praia; se eu dirigir duas horas, eu vejo neve; a uma hora, eu vou para o parque nacional Yosemite. Eu estou pertinho de Lake Tahoe, Santa Cruz. Los Angeles também, eu já fiz bate-volta para ir ao parque da Universal.

 

Então, de final de semana, não falta coisa para você fazer. Eu gosto muito daqui para viajar e tudo. O lugar é maravilhoso, eu já conheci o campus do Google e tudo isso.

 

Brasileira cursa universidade da Califórnia, Estados Unidos

 

E a vida de estudante permite ter a vida social pela região?

 

Sim, eu tive alguns semestres que a minha carga horária de aulas era mais complicada. Às vezes, eu tinha aula todo o dia, no meio do dia, então de segunda a sexta, eu optava por ficar estudando. E também aqui na região por perto tem muita coisa para fazer. Mas quando a gente consegue se organizar, dá para fazer bastante coisa de final de semana.

 

O seu trabalho no momento faz parte do curso ou você conseguiu isso a parte?

 

Ele não é ligado ao meu curso diretamente, eu consegui a parte. Mas como eu já estou na DVC alguns anos, eu tenho o direito de fazer o CPT (Curricular Practical Training), que eu trabalho part time até 20 horas. Pode ser um estágio ou remunerado.

 

Então essa vaga que eu estou agora era uma pessoa que eu conhecia desde a época que eu era au pair e eles têm uma empresa de reforma de casas. E eu comecei com um estágio não remunerado para eles, durante três meses. Depois eu comecei a ser remunerada e trabalho com eles agora.

 

Como tem sido o trabalho?

 

Eu gosto bastante. Como eu já tinha tido a experiência de trabalhar aqui como au pair e durante o meu curto tempo do OPT, eu tive uma experiência de trabalhar numa empresa de San Francisco. Então não foi uma grande novidade trabalhar aqui.

 

Mas eu gosto bastante da dinâmica. E agora também a gente está trabalhando de casa, então eu consigo conciliar tudo isso com as aulas. E a questão de estar no mercado de trabalho aqui, a gente aprende tanto quando na escola.

 

Leia também: O que é au pair?

 

Por causa da pandemia, houve algumas mudanças em relação a visto, a entrada de estudantes nos EUA. O que aconteceu exatamente com o seu OPT?

 

Quando eu terminei a escola, a minha ideia era fazer o OPT e depois ver para onde a empresa ia me levar. Eu ia focar mais no mercado de trabalho. Quando aconteceu a pandemia, eu trabalhava em uma empresa de turismo, eu tinha começado a trabalhar em janeiro de 2020, aí teve tudo em março, que estourou. Em abril, a gente foi afastado por alguns meses temporariamente.

 

Só que depois em junho, o meu departamento da empresa fechou. Então teve um corte mesmo de funcionários. Daí, eu entrei em contato com a escola e eu tive que voltar, como se eu mudasse meu status para estudante novamente.

 

Aí você continua com o visto de estudante para permanecer estudando no país?

 

Isso, porque quando eu estava fazendo o OPT, a gente não é obrigado a fazer aula, então eu não estava fazendo. Estava focada na imersão no mercado de trabalho. Mas daí eu mudei os planos e voltei a ser uma estudante full time agora.

 

A universidade então deu esse suporte para os estudantes durante o começo da pandemia?

 

Sim, em junho, a época que eu descobri que tinha fechado o departamento, foi bem na época também que as aulas iam ser online por causa da pandemia, o campus não ia estar aberto. Só que, na questão da imigração, não estavam permitindo a princípio a gente [estudantes internacionais] fazer aula online.

 

Então foi um mês bem incerto para mim, de bastante nervoso. Mas a escola sempre me mantinha informada, dentro do possível, sobre o que o governo estava falando. A escola sempre me mantinha informada com uma comunicação muito boa, o que me acalmava.

 

O que você diria sobre a Diable Valley College para as pessoas que estão considerando estudar nos Estados Unidos?

 

Primeiro, antes de vir para cá, acho que é a questão de se planejar financeiramente e o inglês, mesmo que você tenha planos de vir daqui um ou dois anos. Nunca é cedo para começar a aprender o inglês e se planejar também financeiramente.

 

Depois, antes de vir para cá, dá uma olhada na grade de aulas para pensar já quais são os seus planos. É um pouco confuso para a gente a primeira vez que a gente olha todas aquelas opções de aulas. Como que funciona? Como assim? Créditos? Como eu vou contar isso?

 

Só que depois que você chega aqui na escola, a gente tem também os counselors e advisers, eles sempre ajudam a gente. Eles dão um guia e depois não é um bicho de sete cabeças depois que você chega aqui. Naturalmente, tudo fica fácil.

 

Conheça as Colleges of Contra Costa

 

Conheça as Colleges of Contra Costa, universidade da Califórnia

 

As Colleges of Contra Costa são três faculdade comunitárias com quase 1.000 estudantes estrangeiros de 70 países diferentes:

 

  • Contra Costa College;
  • Diablo Valley College;
  • Los Medanos College.

 

Localizadas na região da baía de São Francisco, as faculdades oferecem mais de 125 cursos e certificados. Para facilitar os seus planos, há cinco datas de admissão durante o ano, além de cursos de inglês para melhorar a proficiência no idioma antes dos estudos acadêmicos nos Estados Unidos.

 

Quem conclui um curso nas Colleges of Contra Costa consegue transferência garantida para 29 das 32 universidades públicas da Califórnia.

 

Baixe o catálogo das Colleges of Contra Costa gratuitamente para saber mais.

 

Leia também:

Study in the USA

Gratuito

eBook ‘Estudar nos Estados Unidos’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar nos Estados Unidos em um só livro digital.

Baixe seu eBook
CURSO PERFEITO
Quer saber qual curso é melhor para você?
Descubra com a nossa nova ferramenta "Selecionador de curso"!
COMEÇAR SUA BUSCA