Essenciais
Estados Unidos: Quando chegar lá

O que é e como conseguir um Social Security Number nos EUA?

Social Security Number: aprenda a tirar o documento de identidade americano para moradores temporários nos Estados Unidos

O que é e como conseguir um Social Security Number nos EUA
109037

Todo cidadão americano tem que ter o Social Security Number (SSN), um documento oficial de identificação nacional de Previdência Social. É de mesma importância que o nosso RG ou CPF. Emitido pela Social Security Administration (SSA), trata-se de um número de nove dígitos que identifica cada um dos norte-americanos, dos residentes permanentes e dos residentes temporários nos Estados Unidos.

 

É bem provável que, como estudante de ensino superior, você precise tirar o seu Social Security Number. No programa de au pair, por exemplo, ele é obrigatório porque, com um visto J-1, além de estudar, a intercambista é autorizada a trabalhar temporariamente no país. Portanto, se você pretende trabalhar enquanto estuda nos Estados Unidos com um visto F-1 ou M-1, é aconselhável que adquira o seu documento o quanto antes, após a sua chegada ao país.

 

 

 

Para que serve o Social Security Number?

 

De maneira geral, o Social Security Number serve para poder trabalhar nos Estados Unidos, coletar benefícios da Segurança Nacional e ter acesso a outros serviços oferecidos pelo governo americano.

 

Além disso, é possível que você precise apresentar o seu SSN para comprovar a sua identidade em algumas situações formais do dia a dia.

 

Eu preciso de um Social Security Number como estudante nos Estados Unidos?

 

Se você for um estudante internacional com visto F-1 ou M-1 que conseguiu autorização do Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (U.S. Customs and Immigration Services - USCIS), você precisará solicitar o seu Social Security Number. Todos os intercambistas com visto J-1, que automaticamente libera o trabalho no país, obrigatoriamente necessitam de um SSN.

 

Como um estudante acadêmico nos Estados Unidos, geralmente, você é permitido trabalhar apenas em funções dentro do campus universitários, em estágios que fazem parte da sua grade curricular ou qualquer outro trabalho aprovado pela universidade.

 

Converse com um dos Designated School Officiais (DSO’s) da sua instituições para saber sobre as possibilidades de atividade remunerada que você pode exercer como um estudante estrangeiro com visto F-1 ou M-1. Estes “oficiais” são o principal recurso dos estrangeiros estudando nos Estados Unidos, responsáveis por fornecer todo tipo de informação e se certificar de que a status do aluno permaneça legal durante toda a sua estadia, inclusive com os documentos obrigatórios em dia, como o SEVIS.

 

Mas atenção: se um estudante estrangeiro com visto F-1 ou M-1 não se qualificar para receber um SSN, mas exercer atividades que resultem em uma renda não-salarial nos Estados Unidos – como bolsa de estudo, concessões, ações, jogos de azar ou loteria –, deve solicitar um Número Individual de Identificação do Contribuinte Individual (Taxpayer Identification Number - ITIN) para pagar o imposto de renda.

 

Como tirar o Social Security Number

 

Veja o passo a passo ideal para tirar o seu Social Security Number:

 

1. Primeiramente, como mencionamos acima, verifique o status do seu visto de estudante e converse com o DSO da sua Universidade para verificar a possibilidade de trabalhar nos Estados Unidos. Se você se qualificar, o DSO saberá te encaminhar durante o processo de solicitação do SSN.

 

2. Verifique se o seu status está ativo no Sistema de Informação do Estudante e Visitante Intercambista (Student and Exchange Visitor Information System - SEVIS). O seu registro no Sevis deve estar ativo por pelo menos dois dias antes de se inscrever para o Social Security Number.

 

3. A Social Security Administration (SSA) usa o programa de Verificação Sistemática de Estrangeiro para Titularidades (Systematic Alien Verification for Entitlements - SAVE) para verificar o status do estudante internacional e determinar se ele se qualifica para receber um SSN. Por isso, espere até dez dias após a sua chegada aos Estados Unidos para solicitar o SSN a fim de dar tempo suficiente para que suas as informações de imigração sejam atualizadas nos sistemas do governo.

 

4. Providencie todos os documentos necessários. Você deverá levar com você:

 

  • Pelo menos dois documentos que comprovem a sua idade, a sua nacionalidade, e o seu status de imigrante (estudante e/ou trabalhador) autorizado;
  • Se você está no país sem autorização para trabalhar, deverá provar que tem razões válidas para pedir um cartão do SSN (provar sua matrícula em uma universidade, por exemplo).

 

Não se esqueça de levar o seu passaporte com o carimbo de admissão no país que comprove a sua entrada autorizada nos estados Unidos, o seu formulário I-20 (Certificate of Eligibility for Nonimmigrant Student Status) se você tiver um visto de estudante F-1 ou M-1, ou o seu DS-2019 (Certificate of Eligibility for Exchange Visitor Status) se você tiver um visto de intercambista J-1 ou J-2.

 

O DSO da sua universidade deverá providenciar também uma carta que identifique o estudante, confirme o seu status na instituição e comprove o seu empregador e o tipo de serviço que você presta ou prestará.

 

Se você for um estudante F-1 autorizado a trabalhar em um treinamento prático curricular (curricular practical training­ – CPT), precisará levar o formulário I-20 com a página de empregabilidade preenchida e assinada pelo seu DSO. Caso tenha um visto de estudante F-1 e também uma permissão para trabalhar (work permit I-766) do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos (DHS), apresente o formulário.

 

Intercambistas J-1, estagiários estudantes ou visitantes internacionais devem providenciar uma carta do patrocinador com uma assinatura original autorizando o emprego.

 

5. Por fim, visite um dos escritórios da SSA mais próximo de você para fazer a sua solicitação oficial pessoalmente. Existem escritórios da Social Security Administration espalhados por inúmeras cidades dos EUA. Você deverá procurar a unidade da sua região e preencher o formulário Form SS-5 Application for A Social Security Number Card, que pode ser impresso pelo site oficial previamente ou retirado e preenchido no local antes da entrevista.

 

Agende uma data em um dos escritórios e compareça à entrevista munido de todos os documentos mencionados no item anterior. Ao chegar ao local, você retirará uma senha e esperará pela sua vez. Esteja preparado para esperar bastante porque o atendimento costuma demorar – provavelmente, você precisará tirar uma manhã ou tarde de folga, ou aproveitar algum período que não tenha aula para visitar o escritório.

 

Ao ser chamado, você passará por duas baias:

 

  • Na primeira baia, você mostrará documentos e formulários preenchidos;
  • Na segunda baia, você responderá algumas perguntas sobre a sua estadia na América.

 

Uma vez aceito seu pedido, você deverá indicar o seu endereço local e esperar até duas semanas para que o seu SSN card chegue na sua casa nos Estados Unidos.

 

Proteja o seu Social Security Number

 

Nos Estados Unidos, existem os identity thefts ou, em português ao pé da letra, ladrões de identidades. Estes indivíduos roubam números do Social Security e os usam para se passar por outras pessoas a fim de cometer fraudes e outros crimes.

 

Por isso, todas as autoridades norte-americanas aconselham que os cidadãos mantenham os seus cartões de SSN guardados e protegidos para não haver perda ou roubo. De fato, dificilmente você precisará mostrar o seu cartão em qualquer lugar nos Estados Unidos, de maneira geral, basta decorar o seu número. Em caso de necessidade de apresentação do card, tome muito cuidado ao carregá-lo com você.

 

Nós aconselhamos que tome as seguintes precauções para proteger o seu cartão de SSN:

 

  • Não ande, de forma alguma, com o seu SSN card. Só leve-o com você quando precisar apresentá-lo para, por exemplo, uma entrevista de emprego, abrir uma conta bancária ou obter benefícios em certas agências americanas;
  • Guarde-o em um lugar seguro;
  • Não informe o seu SSN para qualquer pessoa, principalmente por telefone, e-mail e formulários online, a não ser que esteja certo de que é seguro.

 

E se eu não tiver uma permissão para trabalhar nos Estados Unidos durante os estudos?

 

Segundo o site oficial da Social Security Administration (SSA), os não-cidadãos admitidos legalmente no país têm cesso a vários benefícios e serviços do governo sem um SSN. Por exemplo, você não precisa necessariamente dele para conduzir negócios com um banco, registrar-se em uma instituição de ensino, inscrever-se em exames educacionais, obter um seguro de saúde particular, solicitar programas de merenda escolar ou conseguir uma moradia subsidiada.

 

Você não pode solicitar um Social Secutiry Number com o único propósito de obter uma carteira de motorista. Em casos em que o estudante internacional não tem permissão para trabalhar no país, ele pode se inscrever para tirar um SSN apenas se:

 

  • Uma lei federal exigir o SSN para ter acesso a um serviço ou benefício específico;
  • Uma lei estadual ou local exigir o SSN para ter acesso a serviços de assistência geral aos quais o estudante já se qualificou.

 

Se você se encaixa em um desses dois casos acima, você precisa agendar a sua entrevista e trazer uma carta oficial em papel timbrado da agência do governo com as seguintes informações:

 

  • Identificar especificamente o requerente;
  • Citar a lei que exige o Social Security Number;
  • Indicar que você preenche todos os requisitos da agência, exceto a posse de um SSN;
  • Conter o nome do contato na agência e número de telefone

 

Leia também:

Como usar o correio americano

Study in the USA

Gratuito

eBook ‘Estudar nos Estados Unidos’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar nos Estados Unidos em um só livro digital.

Baixe seu eBook

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Estados Unidos
Graduação
SOBRE O AUTOR

O que é e como conseguir um Social Security Number nos EUA

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.