Essenciais
Estados Unidos: Visto

Pedido de visto de estudante para os EUA

3319

Para saber como se qualificar e conseguir um visto de estudante nos EUA é preciso, primeiro, saber a diferença entre os tipos de vistos existentes:

 

M-1 (estudantes vocacionais)– é o visto para cursos vocacionais, para os estudantes que desejam  cursar  uma instituição profissional ou não-acadêmica (NÃO se refere a universidades e faculdades). O trabalho será permitido apenas no campus escolar ou então se for exigência do curso como formação prática. Para isso, o estudante precisará de aprovação prévia do Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS)

 

 

F-1 (estudantes: acadêmicos e vocacionais) - este, sim, é o visto para programas acadêmicos. Segundo o site do Consulado dos Estados Unidos, o F-1 é para estudantes que pretendem “frequentar uma universidade ou outra instituição acadêmica nos Estados Unidos, incluindo as escolas primárias e secundárias ou um programa de treinamento de idioma”. Não importa a sua escolha, o final do curso deve resultar em um diploma ou certificado, e sua escola tem de estar autorizada pelo governo americano.

 

J-1 (intercambistas, acadêmicos, au pair e estagiários) – é o visto que permite trabalhar enquanto estuda no país. Ele é provido através de instituições registradas pelo governo americano e que ajudarão com os papéis para a qualificação do visa. O programa mais conhecido neste tipo de visto é o de Au Pair.

 

Critérios para conseguir o visto de estudante

 

O visto J-1, por ser de trabalho e estudo, difere em alguns aspectos dos demais. Já para conseguir o F-1 e o M-1 são necessárias algumas qualificações:

 

- Estar matriculado em um programa educacional (seja ele acadêmico, vocacional ou de inglês) em uma instituição aprovada pelo USCIS (U.S. Citizenship and Immigration Services – Serviços de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos). A instituição irá providenciar um formulário I-20 específico para o visto que você irá tentar:

 

F-1: I-20A-B Certificate of Eligibility for Nonimmigrant (F-1) Student Status-For Academic and Language Students)

M-1 (I-20M-N Certificate of Eligibility for Nonimmigrant (M-1) Student Status for Vocational Students);

 

- Pagar a taxa de inscrição do I-901 SEVIS (Student and Exchange Visitor Information System) no site https://www.fmjfee.com/i901fee/;

- Proficiência no inglês (ou estar inscrito em curso para obter fluência na língua). No consulado, o entrevistador pode exigir respostas em inglês;

- Apresentar provas de condições financeiras para se manter nos EUA durante o programa;

- Apresentar provas de vínculos no Brasil: residência, matrícula em alguma escola ou universidade, emprego. O consulado precisa ter certeza de que o candidato não tem intenção de abdicar do país de origem e permanecer nos EUA após o término do programa educacional.

 

Todos estes tópicos são itens essenciais para a hora da entrevista no consulado. Qualquer requerente de visto precisa fazer o agendamento da entrevista na página do consulado americano e preencher o Formulário DS-160  (que substitui os Formulários DS-156, DS-157 e DS-158).  A confirmação do agendamento e o formulário preenchido devem ser impressos e levados no dia da entrevista com os demais documentos exigidos pelo consulado.

 

Com todos os papéis prontos e seguindo os requisitos exigidos, é só estar calmo para a entrevista.

 

Para informações mais detalhadas sobre os vistos de estudantes visite o site da Embaixada Americana no Brasil.

 

Onde posso estudar nos EUA?

 

Cursos vocacionais e profissionalizantes nos EUA

Cursos de graduação nos EUA

Cursos de pós-graduação nos EUA

 

Clique aqui para mais opções de qualificações nos Estados Unidos.

Study in the USA

Gratuito

eBook ‘Estudar nos Estados Unidos’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar nos Estados Unidos em um só livro digital.

Baixe seu eBook

Pesquise por cursos

Estados Unidos
Por Nível de Ensino*
SOBRE O AUTOR

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.