Essenciais
Estados Unidos: Visto

Como tirar o visto de estudante americano?

I-20 Form e SEVIS I-901: documentos necessários para conseguir o visto de estudante para os Estados Unidos

Visto de estudante nos EUA
13865

Neste artigo, vamos reunir algumas informações importantes sobre os documentos e passos para tirar o seu visto de estudante para os Estados Unidos. Primeiramente, você precisará ser admitido em uma instituição americana reconhecida pelo Student and Exchange Visitor Program (SEVP). Apenas universidades e faculdades presentes na lista de aprovados pelo SEVP são permitidas a fornecer o I-20 Form.

 

 

Formulário I-20

Visto de estudante nos EUA

O Formulário I-20 fornece informações sobre estudantes estrangeiros ao departamento de imigração americano, para um banco de dados chamado Student and Exchange Visitor Information System (SEVIS).

 

Quando você é selecionado pela instituição americana, deve aceitar a carta de admissão e fazer a matrícula. A universidade, por sua vez, precisa lhe enviar o Formulário I-20, que você deverá levar à visita no consulado americano no Brasil, pois ele comprova a sua admissão em uma universidade nos Estados Unidos.

 

Ao recebê-lo, certifique-se de que o seu nome e data de nascimento (DOB) estão escritos corretamente e de acordo com o seu passaporte. Se houver algum erro, a sua instituição americana precisará corrigi-lo antes da sua visita ao consulado.

 

SEVIS I-901

Com o seu Formulário I-20, você pode pagar a taxa do SEVIS I-901 e marcar sua visita ao consulado americano. Pagar o SEVIS I-901 é importante, pois o comprovante de pagamento desta taxa também é necessário para a concessão dos vistos de estudante. Leia sobre a taxa SEVIS I-901 aqui.

 

Valor da taxa SEVIS I-901:

 

  • Para vistos F-1 e M-1: U$ 200;
  • Para vistos J-1: U$ 180.

 

Como se inscrever

 

Vale a pena lembrar que existem dois tipos diferentes de visto de estudante (o F-1 e o M-1) e um programa de intercâmbio (o J-1).

 

F-1: universidade, faculdade, ensino médio, ensino fundamental, seminário, conservatório e qualquer outra instituição acadêmica, inclusive para cursos de treinamento no inglês;

M-1: Estudos vocacionais ou outra instituição não acadêmica reconhecida, com exceção dos cursos de treinamento no inglês.

J-1: Programas de intercâmbio que combinam estudos e trabalho no país.

 

Primeiro, o estudante deve preencher o formulário DS-160. Ao terminar, você receberá um número de confirmação que deverá ser usado na página de agendamento oficial. Com ele, você cria uma conta e seleciona o local onde quer receber o passaporte com o visto, caso concedido.

 

Uma vez agendada a sua visita ao consulado. Você deve pagar a taxa do visto (MRV) de U$ 160 pela internet, com cartão de crédito, ou por telefone.

 

O processo é feito em duas partes:

 

1) A visita ao Centro de Atendimento aos Solicitantes de Visto (CASV) para verificação dos documentos e coleta de dados biométricos;

2) A entrevista no consulado.

 

Visite a página oficial do Consulado Americano no Brasil aqui.

 

Você também precisará de:

 

  • Passaporte válido;
  • Recibo de pagamento da taxa do visto;
  • Foto dentro dos padrões exigidos (para o upload no momento do preenchimento do DS-160);
  • Seus históricos escolares oficiais (diplomas/certificados);
  • Resultados em exames de admissão como SAT e ACT;
  • Resultados em exames de proficiência na língua inglesa, como IELTS e TOEFL;
  • Extrato bancário ou outro documento que comprove como você bancará pelos estudos e custo de vida nos Estados Unidos.

 

5 dicas para a sua entrevista no consulado

 

No tão esperado dia da sua visita ao consulado, é muito comum que você se sinta ansioso e nervoso, afinal, uma pessoa tem o seu destino nas mãos. É o sim ou o não que definirá se você estudará nos Estados Unidos. Por mais que isso pareça injusto, a verdade é que, se você tiver a sua admissão e todos os documentos certos, dificilmente lhe negarão o visto de estudante.

 

A seguir, nós reunimos algumas dicas para que a sua entrevista no Consulado dos Estados Unidos ocorra tranquilamente, sem grandes contratempos, com informações do site Study in the States do governo norte-americano. Lembrando que cada caso é um caso, e você precisa sempre seguir as orientações da sua universidade americana e/ou agente de intercâmbio.

 

Basicamente, os oficiais de imigração precisam se certificar de que você não pretende permanecer ilegalmente no país. Todas as suas respostas durante a entrevista servem para identificar a legitimidade da sua viagem, documentos e objetivos.

 

1. Documentos da sua admissão

 

Como mencionados acima, primeiramente, você precisa ser admitido em uma universidades nos Estados Unidos para obter os documentos necessários para a solicitação do visto. Desta forma, leve com você toda a documentação que usou durante o seu processo seletivo: as cartas de referência, a sua comprovação de proficiência no inglês, comprovante de conclusão do ensino médio, declaração de suporte financeiro, declaração de objetivos acadêmicos, comprovante de pagamento da matrícula do curso, notas no SAT e/ou ACT, etc.

 

2. Suas respostas

 

Durante a entrevista, você precisará responder algumas perguntas sobre o propósito da sua viagem, como:

 

  • Por que você escolheu estudar nos Estados Unidos?
  • Por que você escolheu essa universidade?
  • Por que você escolheu essa área de estudo?
  • Qual é o objetivo deste intercâmbio para você?
  • O que você pretende fazer depois de concluir os estudos?

 

Por isso é importante compreender as suas próprias razões para estudar nos Estados Unidos previamente a fim de ter todas as respostas na ponta da língua no momento da entrevista.

 

3.  Provas de que pretende retornar

 

Você deverá comprovar que a sua estadia nos Estados Unidos é temporária. Para isso, você pode apresentar documentos como: passagem aérea de volta para o Brasil, documento de algum veículo ou imóvel em seu nome, matrícula em algum curso em andamento (e trancado) no Brasil, registro na sua carteira de trabalho, etc.

 

4. Capacidade financeira

 

Você precisa comprovar ser capaz de pagar pelos estudos e o custo de vida nos Estados Unidos. Geralmente, a quantia necessária para ser admitido na universidade e para conseguir o visto está informada no seu Formulário I-20. Para a entrevista, leve com você documentos financeiros, como extratos bancários, que comprovem os seus fundos financeiros disponíveis – muitas vezes eles precisam ser informados em dólares.

 

Não se esqueça também do comprovante de pagamento da taxa do SEVIS I-901!

 

5. Como se comportar

 

É sempre aconselhável usar uma roupa um pouquinho mais formal na sua visita ao consulado. Durante a entrevista, dê respostas curtas, com sim ou não, a não ser que uma resposta mais longa seja solicitada, como nos exemplos de perguntas acima. Seja educado e tente se manter calmo. Mostre os seus documentos sempre que necessário para comprovar as suas repostas.

 

Outros documentos essenciais para estudar nos EUA:

 

Cartas de referência

Carta de motivação

Declaração de suporte financeiro

 

 

Study in the USA

Gratuito

eBook ‘Estudar nos Estados Unidos’

Gostou da leitura? Nós reunimos os principais tópicos sobre estudar nos Estados Unidos em um só livro digital.

Baixe seu eBook

Dê uma olhada...

Pesquise por cursos

Estados Unidos
Graduação
SOBRE O AUTOR

Visto de estudante nos EUA

Brenda Bellani é editora de conteúdo e tradutora do Hotcourses Brasil. É formada em Jornalismo e especializada em Língua Inglesa e Tradução pela UNIMEP. Já morou 18 meses nos Estados Unidos como au pair e é apaixonada por viagens. Como hobby, ela mantém um blog sobre livros e tradução e é dona de uma lista infinita de livros-que-quer-ler.